FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2014
Emigração: número de portugueses em Espanha caiu em 2013
2014-04-22
O número de portugueses a viver em Espanha caiu 15,3% em 2013, face ao ano anterior, a sexta maior descida entre as comunidades imigrantes no país, para um total de 109.390, segundo dados oficiais hoje divulgados.

Os dados fazem parte do Avanço da Estatística do Padrão Municipal Continuo com dados de 01 de janeiro de 2014, divulgado hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol.

A comunidade portuguesa, que caiu em quase 20 mil pessoas no último ano, representa uma cada vez menor fatia das comunidades estrangeiras em Espanha, apenas de 2,2% (era 2,3% no final de 2012).

Uma descida que foi significativamente maior do que a média entre todos os estrangeiros - menos 9,8% ou 545.980 pessoas.

Os dados confirmam que entre os estrangeiros apenas a comunidade chinesa cresceu em Espanha no último ano, tendo havido quedas em todas as outras comunidades, com destaque para os alemães, ingleses, colombianos, peruanos, equatorianos e portugueses.

Globalmente, a queda entre os portugueses foi a sexta mais elevada depois da alemã (-23,6%), inglesa (-22,6%), colombiana (-18,6%), peruana (-18,3%), equatoriana (-17,2%).

Em termos absolutos, a maior descida ocorreu entre a comunidade do Reino Unido com a saída de Espanha de 87.880 pessoas, seguindo a da Roménia (74.745).

No início deste ano, a comunidade portuguesa era a 11.ª comunidade estrangeira e a sexta entre as comunidades de imigrantes de países da UE, posição idêntica à que mantinha há um ano.

 

Notícias ao Minuto, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios