FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2013
Misericórdia de Paris assinala primeiro ano de presenças sociais para ajudar emigrantes
2013-10-04

A Santa Casa da Misericórdia de Paris (SCMP) comemora hoje o primeiro ano de presenças sociais, uma iniciativa que surgiu para dar resposta ao aumento de pedidos de ajuda, por parte dos emigrantes portugueses em França, em número e diversidade.
"Durante este primeiro ano de atividade, recebemos mais de duas dezenas de pessoas nas permanências sociais, entre as quais mães de famílias com 3 e 5 filhos que se encontravam com grandes dificuldades", disse à agência Lusa a secretária-geral da SCMP, Ilda Nunes.
"As pessoas que nós acompanhámos procuravam trabalho, alojamento, comida, acompanhamento pessoal, ajuda sobre dossiês de reforma, dossiês médicos e redação de currículos", acrescentou.
Ilda Nunes destacou o caso "de um jovem detido numa prisão da região parisiense sem qualquer familiar em França", que a Santa Casa acompanhou, tendo mesmo recebido os pais do jovem em casa de um benévolo da SCMP "para que pudessem visitar o filho".
A responsável sublinhou que "os números, embora sendo um elemento de orientação, não podem exprimir a complexidade dos casos analisados, a situação real das pessoas acompanhadas e a diversidade das diligências efetuadas durante e após o tempo de acolhimento pelos membros da equipa, ou por terceiros" a quem a SCMP pede intervenção.
A equipa responsável pelas permanências sociais é composta por sete pessoas, com áreas de formação em sociologia, psicologia e direito.
"É importante referir que a Santa Casa ajuda, mas nunca se substitui aos serviços franceses competentes para resolver o assunto a tratar", advertiu a secretária-geral.
Ilda Nunes faz um apelo para que os portugueses residentes em França ajudem a Santa Casa de Paris, uma vez que o organismo não dispõe de qualquer subsídio.
O próximo jantar de gala da SCMP e recolha de géneros alimentícios ocorre a 23 de novembro, cujas receitas revertem a favor Santa Casa.
O serviço de permanências sociais funciona todas as quintas-feiras, entre as 15:00 e as 18:00, na avenida da Porte de Vanves, no XIV bairro da capital francesa. Os encontros devem ser marcados com antecedência por telefone.
A Santa Casa da Misericórdia de Paris foi criada a 13 de junho de 1994. Desde então tem desenvolvido um trabalho de proximidade entre as comunidades portuguesas em França.

Jornal da Madeira, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios