FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2013
Emigrar para as melhores cidades do mundo: Como procurar trabalho em Viena
2013-09-23
Quer emigrar mas está farto de fazer contas ao salário, ao que vai pagar de renda, às horas de trabalho, ao ambiente e ao trânsito nas cidades que tem em mente? A lista elaborada pela consultora Mercer pode ser uma ajuda, já que ordena as cidades com melhor qualidade de vida do mundo de acordo com os critérios financeiros, de segurança, ambiente e qualidade de serviços.

Viena foi escolhida pela Mercer, no ano passado, como a cidade com melhor qualidade de vida do mundo. A capital austríaca teve, em 2012, uma taxa de desemprego de 7,1% - acima do nível de desemprego no país, 4,8% que é o mais baixo do espaço europeu, mas bastante abaixo dos 19,5% registados em Lisboa.

A primeira ajuda que pode ter na busca de um emprego nesta cidade é o contacto com a rede europeia Eures para a Aústria. Para além de uma base de dados com as vagas de emprego disponíveis naquele país, está disponível também o contacto com consultores para o aconselhar, em inglês, sobre o mercado de trabalho e as burocracias necessárias à mudança de um cidadão de um país europeu para a Áustria. Neste momento, esta rede anuncia mais de 35 mil ofertas de emprego naquele país.

Se ainda não domina o alemão, pode querer começar por um emprego em que o inglês é a língua de trabalho. O Jobs in Vienna é um portal que agrega ofertas dentro deste critério, onde a maioria das empresas são multinacionais ou do setor turístico.

Se, por outro lado, o alemão não é problema, este site é o indicado pelo governo local para consultar vagas de emprego em Viena em qualquer área profissional . Para além disto, a própria cidade de Viena conta com uma versão em português do site oficial, que o ajuda a orientar-se em termos de logística local.

Ainda com dúvidas? Se está decidido a mudar-se para esta cidade, junte-se aos 250 portugueses do grupo aberto Portugueses em Viena, no Facebook: para além de contactos, vai encontrar um documento com as perguntas mais frequentes - desde alojamento ao sistema nacional de saúde, passando pelas melhores escolas de alemão - um serviço mais completo do que o que pode encontrar no site do consulado português em Viena, por exemplo.

Dinheiro Vivo, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios
ceg Logo IS logo_SOCIUS Logo_MNE Logo_Comunidades