FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2013
Comunidade portuguesa fora da vida política da Alemanha
2013-09-20
No último dia de campanha para as legislativas alemãs, a TSF conversou com o secretário de Estado José Cesário para fazer um retrato da comunidade portuguesa no país.

As sondagens na reta final da campanha mostraram uma aparente dificuldade de Angela Merkel em garantir uma maioria nos atuais moldes para continuar a governar. O resultado nessa área é imprevisivel, mas tudo indica que a vitória de Merkel e da CDU, sobre os sociais democratas será clara.

É uma eleição que interessa a Portugal e a toda a Europa, porque tem sido a Alemanha de Merkel a principal impulsionadora das políticas de austeridade para resolver a crise do euro nas economias mais débeis.

Quanto aos portugueses que moram e trabalham na Alemanha, emigrantes da velha geração e da nova geração, a TSF tentou perceber junto do secretário de Estado das Comunidades, se a nova vaga de emigrantes continua a ser bem acolhida no país.

José Cesário contou à TSF que os números mais recentes indicam que cerca de 150 mil portugueses estão na Alemanha e admite que em 2012 entre 4 a 5 mil portugueses tenham procurado este país.

Os emigrantes mais recentes são temporários, e não ficam muito tempo pela Alemanha.

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas sublinha que os portugueses são, em geral, bem recebidos, mas esse respeito não se traduz depois na participação na vida pública.

Ainda assim, há portugueses atentos às eleições e alguns participam ativamente como candidatos, mas são um número muito reduzido.

TSF, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios