FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2013
Assembleia da República pede ao Governo Relatório Anual de Emigração
2013-06-20
Com cada vez mais jovens a abandonar o país, a Assembleia da República publica hoje uma recomendação ao governo para que elabore e apresente anualmente à Assembleia um relatório sobre a emigração.

A AR quer saber com detalhe o número de cidadãos que abandonaram Portugal nesse ano e para que região foram. Além disso, pede uma caracterização socioeconómica - escolar e académica -, e geográfica dos emigrantes portugueses.

A Assembleia da República pretende ainda que este Relatório inclua uma identificação e caracterização das estruturas formais e informais de apoio aos emigrantes em cada um dos países de destino bem como a situação laboral, social e económica em que se encontram os emigrantes portugueses.

A emigração portuguesa tem vindo a aumentar desde meados do ano 2000 e, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), abandonaram o país cerca de 44 mil pessoas só em 2011. Em 2010, os números apontavam para 23 mil saídas. 

Ainda esta semana se ficou a saber que a população residente em Portugal sofreu uma queda de 55 mil pessoas no ano de 2012, com os dados a confirmarem que os portugueses estão a abandonar o País por causa da crise, fator a que se junta a redução da natalidade. 

Segundo o INE, esta é a segunda queda anual consecutiva depois da população nacional ter crescido continuamente entre 1992 e 2010, e ter atingido um máximo histórico em 2009 com 10,573.479 habitantes.

Em 2011, a queda foi de 30323 habitantes, uma taxa de crescimento efectivo de -0,29%, valor agravado em 2012 com uma taxa de crescimento efectivo de -0,52%.

Dinheiro Vivo, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios
ceg Logo IS logo_SOCIUS Logo_MNE Logo_Comunidades