FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2013
CCP: restrições a imigrantes na Suíça tiram oportunidades a portugueses
2013-04-24
Medida já «era esperada», mas pensava-se que os efeitos fossem «atenuados» para os portugueses

As restrições de entrada de imigrantes da Europa na Suíça trarão problemas para as pessoas que procuram uma oportunidade de trabalho no país, sobretudo os portugueses, declarou Manuel Beja, do Conselho das Comunidades Portuguesas (CCP).

«Isso vai trazer grandes problemas para os imigrantes que pretendem trabalhar na Suíça, a ter acesso ao mercado de trabalho. Há uma grande tendência para que as pessoas procurem uma oportunidade de trabalho na Suíça, sobretudo os portugueses, mas com esta medida isso vai ser totalmente impossível nos próximos meses», disse à agência Lusa o conselheiro do CCP na Suíça.

«A Suíça vai ser rigorosa na aplicação desta cláusula de salvaguarda, que é reconhecida pelo próprio acordo de livre circulação», acrescentou Manuel Beja.

De acordo com o conselheiro, «a medida era esperada». No entanto, «pensava-se que houvesse algumas concessões que pudessem atenuar um pouco os efeitos, sobretudo para a imigração portuguesa».

Entre janeiro e novembro de 2012, emigraram para a Suíça 12.960 portugueses. A comunidade portuguesa na Suíça está estimada em 240.000 pessoas.

«As pressões vindas do setor da economia e também dos partidos de esquerda foram insuficientes para impedir que o Conselho Federal fosse tão rigoroso na aplicação desta cláusula de salvaguarda», afirmou.

Manuel Beja disse ser compreensível a medida, já que houve um aumento da imigração para a Suíça nos últimos tempos e que alguns quadrantes da sociedade são contrários «ao aumento dos fluxos migratórios em tão pouco tempo, particularmente de países da União Europeia».

TVI24, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios