FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2013
Holanda: José Cesário diz que ensino do Português no país estava “desorganizado”
2013-04-17

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas afirma que o sistema de ensino de Português na Holanda "estava profundamente desorganizado" e vai ser reformulado pela nova coordenadora adjunta daquela área.
"Os holandeses há uns anos deixaram de investir no português, tal como noutras línguas estrangeiras, e isso criou ali um problema complicado que nunca se ultrapassou completamente. E por isso o acompanhamento vai ter de continuar a ser feito com maior proximidade. Ela (a coordenadora adjunta para o Ensino de Português no Estrangeiro) tem essa orientação", disse à Lusa o Secretário de Estado que efetuou uma visita a Amesterdão no início deste mês. "É uma comunidade que tem um associativismo relativamente antigo. Tem estado relativamente abandonado, relativamente desacompanhado. Nós vamos ter de melhorar bastante um conjunto de mecanismos de ligação", assumiu José Cesário, em declarações à margem do Congresso de Presidentes de câmara da região de Paris.
Em relação ao trabalho consular, o Secretário de Estado diz ter "consciência de que não está a corresponder ainda àquilo que são as exigências daquela comunidade". Cesário adiantou que a "comunidade terá entre 16 a 20 mil pessoas, que estão localizadas fundamentalmente em dois núcleos: Amesterdão e Roterdão, estando a embaixada e a secção consular entre as duas cidades".
"O anterior Governo encerrou o Consulado Geral de Roterdão e isso criou ali algumas dificuldades. Acredito que a partir de Haia consigamos fazer um trabalho de cobertura integral do país, mas esse trabalho só vai poder ser feito plenamente com as novas permanências consulares que ali ainda não se iniciaram. É um dos objetivos que existem para o futuro", concluiu. O secretário de Estado visitou "a Associação Portuguesa de Amesterdão, os Lusitanos de Amesterdão, que fizeram 45 anos, a associação portuguesa de Zaandam e a escola portuguesa de Amesterdão.
Mundo Português, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios
ceg Logo IS logo_SOCIUS Logo_MNE Logo_Comunidades