FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2013
"Pioneiros" homenageados nos 60 anos da emigração para o Canadá
2013-04-14
Os 60 anos da emigração portuguesa para o Canadá vão ser assinalados ao longo de dois meses com várias cerimónias oficiais e uma exposição, numa homenagem aos "pioneiros" organizada pela Aliança dos Clubes e Associações Portuguesas do Ontário (ACAPO).

Foi na doca "Pier 21" em Halifax, no dia 13 de maio de 1953, que o "Saturnia" atracou, desembarcando os primeiros 218 imigrantes portugueses, com os respetivos vistos de trabalho, muitos deles provenientes dos Açores, madeirenses e alguns do continente.

"[Os portugueses] Foram ficando em várias regiões do Canadá, para trabalhar principalmente em áreas como a agricultura e construção de caminhos de ferro", disse à Lusa Joe Estáquio, presidente da ACAPO, entidade que reúne 43 associações portuguesas da província do Ontário, promotora das comemorações.

A programação começa a 11 de maio, com uma Gala, em que já estão confirmadas as presenças do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, do ministro das Finanças do Ontário, o luso-canadiano Charles Sousa, entre outras entidades oficiais que vão estar representadas.

No dia 12 de maio, decorrerá uma homenagem no "Monumento dos Pioneiros" no High Park, inaugurado em 1978, quando se comemoraram 25 anos da emigração portuguesa).

No mesmo dia, haverá uma missa em honra dos emigrantes pioneiros, na Igreja de Santa Maria, a primeira portuguesa no Canadá.

Em colaboração com o Consulado Geral de Portugal em Toronto, está também programada uma exposição de fotografias, que vai ser inaugurada a 13 de maio, na Câmara Municipal de Toronto, e estará patente durante um mês.

As comemorações prolongam-se até julho e englobam as celebrações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, a 10 de junho.

Apesar de a emigração ter começado há 60 anos, há registos que provam que os portugueses já passaram pelo Canadá há mais de 500 anos, e a prová-lo está o monumento em St. John's, na Terra Nova, que homenageia os pescadores de bacalhau que por ali estiveram há meio século.

O monumento foi inaugurado em 2001 pelo Presidente da República na altura, Jorge Sampaio.

Diário de Notícias, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios
ceg Logo IS logo_SOCIUS Logo_MNE Logo_Comunidades