FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2013
Bolsas FLAD para docência e investigação nos EUA
2013-03-11

O concurso para a atribuição de Bolsas FLAD de Docência e Investigação nos EUA em temas relacionados com os estudos lusófonos, em instituições universitárias nos EUA, tem os seguintes requisitos e benefícios:

O candidato deve:

  • Ser docente ou investigador integrado de uma unidade de investigação na área das ciências sociais e humanas;
  • Possuir o grau de Doutor;
  • Apresentar um projeto de docência e investigação na respetiva área científica e relacionado com temas de estudos lusófonos, não podendo a vertente letiva ter uma carga média inferior a duas horas de aulas por semana;
  • Ter prova da concordância da instituição anfitriã;
  • Apresentar uma carta de recomendação da instituição a que estão vinculados.

Benefícios das Bolsas para docência e investigação nos EUA:

  • Financiamento de EUR € 4.000/mês, para estadias mínimas de 1 mês e até ao limite de 4 meses;
  • Pagamento de passagem aérea de ida e volta em classe económica.

Como concorrer:

A candidatura devera obrigatoriamente ser apresentada em formulário online, disponível através do sistema de candidaturas da FLAD.

O concurso está aberto em permanência, procedendo a Fundação à apreciação das candidaturas recebidas e à divulgação dos respetivos resultados nas seguintes datas:

  • Candidaturas recebidas até 15 de Março - Divulgação dos resultados até 15 de Abril
  • Candidaturas recebidas até 15 de Julho - Divulgação dos resultados até 15 de Setembro (este período de apreciação de candidaturas - 15 de Julho - funcionará apenas em 2013, a título excecional)
  • Candidaturas recebidas até 30 de Setembro - Divulgação dos resultados até 30 de Outubro

Os professores e investigadores interessados em concorrer às Bolsas FLAD de Docência e lnvestigação nos EUA podem fazê-lo exclusivamente através do preenchimento de formulário online acessível em www.flad.pt, onde se encontra também disponível o edital e regulamento do concurso.

A Fundação agradece a atenção dada a esta nossa iniciativa, que contribuirá certamente para a renovação do interesse pelo estudo da língua e da cultura portuguesa nos meios académicos norte americanos, projetando uma região linguística de crescente relevância e agregando conhecimento disperso de investigadores de diferentes áreas disciplinares das ciências sociais e humanas para este importante programa de cooperação transatlântica.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios