FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2013
200 mil portugueses saíram do país nos dois últimos anos
2013-01-25
Secretário de Estado das Comunidades diz que número de emigrantes é o dobro do indicado pelo INE.

O secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, desvalorizou nesta sexta-feira, em declarações à TSF e à Lusa, os dados revelados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que na semana passada indicou que teriam emigrado, em 2011, 44 mil portugueses. Considerou que aqueles dados não são "minimamente fiáveis" e manteve que nos últimos anos terão saído do país 100 a 120 mil portugueses por ano.

Frisando que o INE se baseia em inquéritos de opinião feitos em Portugal, o secretário de Estado disse-se convencido de que em 2012 emigraram mais de 100 mil pessoas.

"Temos plena consciência de que a emigração portuguesa em 2012 aumentou - e só não aumentou mais porque as oportunidades de emprego no exterior diminuíram", disse, em declarações à TSF.

Segundo a Lusa, José Cesário prevê que o número de emigrantes portugueses tenderá a estagnar nos próximos anos, apesar do crescimento pontual registado para destinos como Angola, França e Suíça.

Segundo disse, em 2012 terão ido para Angola "entre 25 mil e 30 mil portugueses" (mais cinco a dez mil que no ano anterior), para a Suíça cerca de 18 mil e para Moçambique 2500.

Público, aqui.

 

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios