FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2013
Governo Secretário de Estado das Comunidades visita França e Suíça
2013-01-10
O secretário de Estado das Comunidades português, José Cesário, visita Suíça e França, entre esta quinta-feira e domingo, para tratar assuntos relacionados com a emigração e as escolas de ensino do português, além de visitar associações de emigrantes, declarou José Cesário.

"Em primeiro lugar, vou responder a dois convites que me foram feitos. Um do Clube Desportivo, Cultural e Recreativo de Engadina, que me convidou para participar num convívio com a comunidade daquela zona, que é na área de Saint Moritz, no Cantão dos Grisões, na área consular de Zurique", disse à Lusa José Cesário.

O segundo convite feito ao secretário de Estado "foi da Associação Rosa dos Ventos de Aulnay-sous-Bois, na região de Paris", onde vai participar em actividades culturais com a comunidade portuguesa da região.

"Associo a isso, em Zurique particularmente, um encontro com os responsáveis quer das Missões Católicas, quer do Clube Os Lusitanos, tendo em vista a análise das situações mais delicadas locais sob o ponto de vista dos novos casos de emigração e também a evolução das questões das escolas do ensino de português", acrescentou.

O secretário de Estado das Comunidades tem um encontro hoje, em Zurique, com os religiosos responsáveis pelas Missões Católicas na Suíça.

PUB

"Nós temos mantido contacto (com as Missões Católicas na Suíça) e sei que eles próprios já têm apoiado várias pessoas em situações delicadas. Agora, trata-se de ver como este processo tem evoluído, o que se passa, ver que casos e o que podemos fazer em conjunto", acrescentou.

A Igreja está a incentivar os portugueses residentes no estrangeiro a receberem e apoiarem os novos emigrantes, de forma a suavizar os impactos da emigração para os vários países, que já atinge valores comparáveis aos anos 60, disse à Lusa, em Setembro, frei Francisco Sales Diniz, o director da Obra Católica Portuguesa das Migrações.

"Neste momento, estamos a tentar desenvolver uma mentalidade por causa desta nova leva de emigração e que está a começar na Suíça, com a criação, a partir das missões, de uma espécie de famílias de acolhimento para os novos emigrantes", referiu.

Dados já divulgados por José Cesário indicavam que, em 2011, emigraram 150 mil portugueses.

Notícias ao Minuto, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios