FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2012
Venezuela: há emigrantes a viver em pobreza extrema
2012-10-23
São casos socialmente complicados de quem perdeu os laços com Portugal e não tem apoios familiares

A Associação Civil de Beneficência Portuguesa Só Bem chamou a atenção das autoridades para o facto de existirem portugueses que vivem numa situação de pobreza extrema na Venezuela.

«São daqueles casos que nós, portugueses, não gostamos de saber, que outros portugueses estejam a viver em situações assim tão graves», disse a presidente da associação à agência Lusa.

Ana Maria Góis explicou que, em muitos casos, estas pessoas emigraram para Venezuela «há mais de 50 anos, deixaram os familiares em Portugal e não mantiveram os laços familiares».

Tvi 24, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios