FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2012
MNE atribuiu menos de metade dos subsídios a instituições do que em 2011
2012-09-27
O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) atribuiu no primeiro semestre deste ano cerca de 350 mil euros em subsídios a instituições no estrangeiro e em Portugal, menos de metade dos apoios concedidos no período homólogo de 2011.

Segundo dados publicados hoje em Diário da República, no primeiro semestre de 2012 foram atribuídos pelo Fundo de Relações Internacionais (FRI) do MNE 348.977 euros em apoios a 17 organizações, contra os 623.863 euros concedidos no período homólogo de 2011.

A Associação Mutualista Diplomática Portuguesa foi a organização que maior apoio recebeu, com a atribuição de dois subsídios, em Maio e Junho, no valor de 136.631 euros e 65.909 euros, respectivamente.

O segundo maior apoio, no valor de 35 mil euros, foi concedido à empresa proprietária do jornal Mundo Português, especializado em informação destinada às comunidades portuguesas.

A Provedoria da Comunidade Portuguesa de São Paulo (25 mil euros), a Associação Agora Portugal (12 mil euros), a Casa de Viseu do Rio de Janeiro (10 mil euros) e a Aliança das Associações Portuguesas do Ontário (7.500 euros) são outras organizações que também beneficiaram de apoios.

Entre as instituições subsidiadas em Portugal, destaca-se a Associação dos Familiares dos Diplomatas Portugueses (10 mil euros), a União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (9 mil euros) e o Sindicato dos Trabalhadores da Construção (5.535 euros).

Lusa/SOL, aqui.

 

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios