FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2012
Menos 3 mil portugueses a trabalhar em Espanha
2012-09-20

O número de trabalhadores portugueses em Espanha caiu mais de 6% no último ano, e no final de agosto estavam registados no país 44.848 cidadãos lusos, segundo dados do Ministério do Emprego divulgados esta quinta-feira em Madrid.

Os dados, citados pela Lusa, confirmam a queda do número de trabalhadores portugueses que se tem consolidado desde o início da crise económica, com uma descida de mais de 3.000 face a agosto de 2011.

Em 2007, o número de trabalhadores portugueses registados em Espanha era mais do dobro dos valores atuais, com a queda a ser constante mesmo em períodos onde, globalmente, o número de estrangeiros a trabalhar em Espanha até aumentou.

Segundo os dados hoje revelados, 32.409 trabalhadores portugueses estão no regime geral, 6.137 no regime de autónomos (trabalhador independente), 4.421 no agrário, 365 no mar e 28.

A descida no número de portugueses é maior do que a globalmente registada entre todos os imigrantes a trabalhar em Espanha, cujo número caiu 4,46% (81 mil pessoas) no último ano.

No final de agosto estavam registados em Espanha 1.748.415 estrangeiros a trabalhar. 

Outros dados conhecidos hoje revelam que existem quase três milhões de pessoas sem trabalho há mais de um ano no país de nuestros hermanos.    

Agência Financeira, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios