FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2012
Directora visitou comunidades açorianas nos EUA
2012-06-26
A directora regional das Comunidades concluiu no domingo uma visita aos Estados Unidos da América, onde desenvolveu um conjunto alargado de iniciativas com vista ao estreitamento de laços entre aquele país e os Açores.

Na costa leste, Graça Castanho teve a oportunidade de reunir-se com o Xerife Thomas Hodgson, do Detention Center of Bristol County, e sua equipa, para analisar os conteúdos a incluir no material audiovisual a oferecer à comunidade em geral e aos candidatos à deportação, no âmbito do programa LEGAL.

Encontrou-se também com Jamie Mello, Ed Tavares e Jane Carreiro, co-organizadores do projecto "Formação no Verão", o qual visa oferecer a jovens estudantes da Universidade dos Açores uma oportunidade de desenvolverem actividades profissionais em áreas tão diversificadas como gestão, informática, engenharia, serviço social, marketing e hotelaria, garantindo simultaneamente um conhecimento mais abrangente da diáspora açoriana.

Este é um programa da Direcção Regional das Comunidades, a decorrer em Agosto deste ano, e cuja concretização só será possível com a ajuda da comunidade açoriana das costas leste e oeste dos Estados Unidos e do Canadá.

Para além de ter participado na celebração do Dia de Portugal, em Fall River, a convite da Rádio Voz do Emigrante, e de ter apresentado cumprimentos ao novo director do "Portuguese Times", Graça Castanho trabalhou ainda com as entidades responsáveis pelo projecto Universal Design for Learning and Teaching of Portuguese Worldwide, no sentido de ultimar os preparativos para o Congresso Internacional sobre UDL que decorrerá nos dias 6 e 7 de Setembro, na Universidade dos Açores, em Ponta Delgada.

Já na Califórnia, a Directora Regional das Comunidades reuniu-se, em Sacramento, com a senadora estadual Helen Corbett, bem como com vários políticos açor-descendentes, elementos do lobby que representa as maiores cidades onde se encontra radicada a nossa comunidade, o recém-chegado cônsul de Portugal em San Francisco e elementos da comunidade

Na ocasião, Graça Castanho fez uma apresentação sobre "os Açores da contemporaneidade" e recordou os vários programas que a Direcção Regional das Comunidades tem promovido em prol das comunidades açorianas radicadas nos Estados Unidos.

Graça Castanho teve a oportunidade de ouvir de viva voz quão importante têm sido os contributos dados pela comunidade açoriana para o desenvolvimento da Califórnia, em particular, e dos Estados Unidos em geral, bem como o interesse que existe em aprofundar o Memorando de Entendimento assinado entre o Estado da Califórnia e os Açores em domínios como a agricultura, lacticínios, pecuária, sismografia, ciências do mar e vulcanologia.

Tratando-se de áreas prioritárias para ambas as regiões, foi com agrado que a directora regional das Comunidades constatou que o Senado da Califórnia está envidando esforços no sentido de organizar uma visita aos Açores, integrando políticos, lobistas, docentes universitários e empresários, com o objectivo de estudar, no terreno, formas inovadoras de aproximar ainda mais os Açores da Califórnia, um destino com mais de cem anos de história comum.

Para aquela responsável, a visita às cidades de Artesia, San Francisco, San Jose e Santa Clara, onde esteve reunida com empresários, instituições da área social e representantes da comunidade, no sentido de aprofundar as possibilidades do projecto "Formação no Verão", foram "momentos enriquecedores, porquanto reveladores da expressividade da nossa comunidade em terras californianas".

Em San Jose, cidade situada no coração do Silicon Valley, onde as tecnologias garantem a sustentabilidade financeira do Estado da Califórnia, Graça Castanho reuniu-se com responsáveis da Cisco System, uma das maiores companhias do mundo na área de aplicações informáticas, a fim de propor um programa de formação para estudantes açorianos.

Na mesma cidade, a directora regional das Comunidades participou ainda nas Festas do Espírito Santo, as quais congregam todos os anos milhares de açorianos e açor-descendentes de toda a Califórnia, e na Igreja Portuguesa das Cinco Chagas, construída por gente dos Açores, teve a oportunidade de se dirigir à família açoriana ali presente, lembrando "o orgulho que as ilhas têm nas suas comunidades e no trabalho que as mesmas têm desenvolvido nos Estados Unidos da América em prol da sua integração e da promoção dos Açores naquelas paragens".

Expresso das Nove, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios