FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2012
MARIA TERESA PAIVA WEED é a primeira mulher a presidir o Senado de Rhode Island
2012-06-19
Neta de emigrantes oriundos da ilha de S. Miguel, Açores, Maria Teresa Paiva Weed foi eleita pela primeira vez para o Senado de Rhode Island em 1992. Em 2009 entrou para a história política de Rhode Island ao ser a primeira mulher a presidir ao Senado local. Já em 2004 tinha feito história ao ser a primeira mulher a liderar a maioria naquele organismo legislativo…

Maria Teresa Paiva Weed integra há20 anos o Senado de uma dos estados norte-americanos com maior presença de portugueses: Rhode Island. A democrata representa o Distrito 13, que compreende as cidades de Newport e Jamestown, a parte mais turística do estado.
A luso descendente foi eleita pelos seus pares, em Janeiro de 2009, para a função de Presidente do Senado de Rhode Island. Ao fazê-lo, tornou-se na primeira mulher na história de Rhode Island a ocupar esse cargo, mas já anteriormente tinha feito história: nos cinco anos anteriores, Teresa Paiva Weed serviu como líder da maioria naquele Senado. 
De 1997 até 2000, serviu como presidente da Comissão do Poder Judiciário, tendo sido também a primeira mulher eleita para ocupar este cargo. De 2000 a 2002, atuou como vice-presidente da Subcomissão das Finanças para a segurança pública e o ambiente e entre 2002 e 2004 foi Vice-presidente da Comissão de Finanças. Antes de sua eleição para o Senado, Teresa Paiva Weed foi presidente da Comissão de Habitação em Newport. É membro do Comité do Partido Democrata da cidade de Newport desde 1988.
Licenciada em Direito, a senadora confessou que entrou na política por acreditar que "poderia fazer a diferença". "Adoro todo o que tenha a ver com governação", recordou em novembro de 2011 a este jornal, à margem de um encontro de políticos de ascendência portuguesa que reuniu cerca de 80 participantes em National Harbor, Estados Unidos.
Sobre a sua ascendência, diz que "a comunidade portuguesa é parte do que sou". "A comunidade portuguesa de Newport teve um papel mais importante na formação daquilo que eu sou, do que propriamente na minha eleição para o Senado do estado. Frequentei a escola portuguesa e a paróquia portuguesa em Newport e ainda participo nas celebrações tradicionais da minha paróquia portuguesa", sublinhou.
A senadora refere que os portugueses no estado de Rhode Island compõem "uma comunidade vibrante" que na cidade de Newport, "é um pouco mais antiga do que no resto do estado". A ligação a essa comunidade levou-a a envolver-se na criação da Portuguese American Scholarship Foundation, que atribui bolsas de estudo a luso americanos, tendo contribuído no lançamento da base jurídica da instituição.
E não esconde o "orgulho" e ter a seu lado no Senado, representantes políticos de origem portuguesa como o senador Daniel da Ponte e o deputado Hélio Mello, "e em posições de liderança". 
"É também um orgulho vê-los atuar junto da comunidade portuguesa, que nos tem dado o seu apoio. É muito importante trabalharmos juntos, porque podemos promover-nos uns aos outros e apoiar mais à comunidade como um todo", sublinhou.

A intervenção de portugueses e luso descendentes na vida política além-fronteiras, tem vindo a aumentar e a adquirir uma importância cada vez mais relevante. Nos dias 24 e 25 de Junho a sociedade portuguesa vai poder conhecê-los no I Encontro a realizar em Cascais, num evento organizado pelo jornal O Emigrante/Mundo Português com o apoio da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas. Até lá, todas as semanas, damos a conhecer estes eleitos de origem portuguesa que podem ser um importante elo de união entre Portugal e os países onde residem e exercem os seus cargos políticos.
Ana Grácio Pinto
apinto@mundoportugues.org

Mundo Português, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios