FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2012
Portugal quarto país com mais migrantes no Brasil
2012-04-28
Maioria são brasileiros que regressam ao país

Portugal foi o quarto país de onde saíram mais brasileiros de regresso ao país de origem. De acordo com dados da Fundação Instituto de Geografia e Estatística (IBGE), entre 2005 e 2010, 21.376 pessoas saíram de Portugal para o Brasil.

Segundo os dados do Censo, o número de imigrantes cresceu 86,7 por cento no Brasil nos últimos dez anos, considerando os brasileiros retornados.

Os 21.376 brasileiros que regressaram ao Brasil depois de alguns anos em Portugal são quatro vezes mais em relação ao Censo do ano 2000. E representam, na maioria (77 por cento), brasileiros retornados, que somam 16.460 pessoas.

No ano 2000, os retornados representavam uma parcela menor e somavam 53 por cento dos 3.975 migrantes que partiam de Portugal rumo ao Brasil.

Entre os nascidos em Portugal, entretanto, também houve aumento na quota de migração: passaram de 1.840 para 4.916 em dez anos.

Nos três países de onde mais pessoas mais migraram para o Brasil, Estados Unidos, Japão e Paraguai, os retornados também são maioria.

O técnico do IBGE Marden Campos, porta-voz para a área de migrações, afirma que os retornados ganharam destaque nos dados do Censo divulgados hoje porque são a principal causa do crescimento das migrações para o Brasil, inclusive da rota saída de Portugal.

Marden aponta a crise económica, o aumento do controle contra imigrantes ilegais e o envelhecimento como as principais causas do aumento dos retornados brasileiros.

«A migração entre Brasil e Portugal é histórica, e muitos dos portugueses que emigram são parentes de brasileiros», afirma o porta-voz.

Em 2010, foram registados 268.201 pessoas que chegaram de outros países nos cinco anos anteriores, 65 por cento delas brasileiras.

Dez anos antes, havia 143.644 migrantes com a mesma característica, 61,2 por cento brasileiros.

Os estados brasileiros que receberam mais pessoas que desembarcaram de outros países foram São Paulo, Paraná e Minas Gerais.

tvi24, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios