FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2012
Português insta autoridades a unificar esforços pela transformação económica e social da cidade de Guarenas
2012-03-24
O cidadão português António de Freitas instou hoje as autoridades venezuelanas a unir esforços com os comerciantes portugueses para conseguir a transformação económica e social de Guarenas.

"Os comerciantes assumem o compromisso de continuar a trabalhar pela transformação económica e social da nossa cidade, impulsionando o conceito de participação e fomentando o esforço com a função pública, razão pela qual os convidámos a unir esforços", disse.

António de Freitas falava como orador numa sessão solene que teve lugar no município de Plaza, durante a qual foi distinguido com o Escudo de Armas da Cidade de Guarenas, a mais alta condecoração municipal.

O ato contou com a presença de autoridades diplomáticas portuguesas e assinalou o Dia do Comerciante e o 42º aniversário da Câmara de Comércio de Guarenas.

Situada no estado venezuelano de Miranda a cidade de Guarenas fica a 30 quilómetros a leste de Caracas e é o local onde residen um número significativo de famílias portuguesas, cujos negócios estão centrados no comércio.

"Devemos reativar os parques industriais na perspetiva de que o que se adote e se incentive novos investimentos de forma a fortalecer o tecido produtivo do município, criando novos postos de trabalho", disse.

Natural do Porto da Cruz, na ilha da Madeira, António de Freitas é atualmente membro do Conselho das Comunidades Portuguesas e recordou às autoridades locais que os comerciantes portugueses participam e impulsam atividades comunitárias, sociais, culturais e desportivas.

"Não devemos esquecer que o comerciante é o maior gerador de bens e serviços, trabalha para comunidade em qualquer ponto da geografia nacional", concluiu.

RTP, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios