FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2012
Cada vez mais portugueses procuram informação sobre o Brasil
2012-01-21

O número de portugueses que procuram Casa do Brasil de Lisboa (CBL) para obter informações sobre o país aumentou nos últimos meses, disse o presidente da a instituição, que prevê um crescimento destes pedidos de esclarecimentos nos próximos tempos.

«As pessoas querem informações gerais, querem informações sobre oportunidades de trabalho, para onde ir e conselhos sobre lugares que têm maior potencial (de trabalho e oportunidades de negócios)», afirmou à Agência Lusa Carlos Vianna.

«Este público vai aparecendo e a impressão é de que vai crescer essa clientela que busca a Casa do Brasil para informações», declarou ainda Vianna.

Entre Outubro de 2011 e a primeira quinzena de Janeiro de 2012, mais de 40 pessoas pediram informações à CBL sobre as oportunidades de trabalho no Brasil e outras questões relacionadas ao tema.

A CBL, que este ano completa 20 anos de existência, revelou que os portugueses procuravam, muito raramente, a instituição para obter algum tipo de informação turística, quase sempre sobre o nordeste brasileiro.

Entretanto, desde Outubro, o tipo de informações que os portugueses estão a pedir, quase sempre por telefone e alguns presencialmente, tem um carácter diferenciado.

A instituição indicou que, além dos melhores locais para obter emprego e oportunidades de negócios, os portugueses também querem informações sobre as cidades brasileiras, ainda com um pouco de receio do desconhecido e da violência no país.

Outro ponto é a legalização dos portugueses no Brasil.

«As pessoas querem informação de um modo geral, não só no aspecto de legalização Brasil, que é muito difícil e requer um contrato de trabalho para quem vai com intenção de trabalhar. É um processo mais burocrático do que aqui (...). Esta é uma primeira dificuldade para a emigração portuguesa», referiu Carlos Vianna.

O Governo brasileiro divulgou, neste mês, que está a preparar uma nova lei para facilitar a concessão de vistos a profissionais estrangeiros altamente qualificados.

No Brasil, houve um aumento na concessão de vistos de trabalho a portugueses nos últimos meses, que foi o maior em termos absolutos entre todas as nacionalidades.

Segundo dados do Ministério da Justiça brasileiro, no final de 2009, 276.703 portugueses viviam no Brasil com visto temporário ou permanente. Em Junho de 2011, esse número atingia os 328.856.

As declarações de incentivo à emigração por parte de autoridades portuguesas não causam nenhum desconforto ao Brasil, afirmou à Lusa, no início de janeiro, o secretário Nacional de Justiça do país, Paulo Abrão, garantindo que essa mão de obra é bem-vinda.

«Não vemos nessa atitude nenhum problema que possa configurar algum tipo de desconforto. A recepção de irmãos portugueses, para contribuir para o crescimento da nação, é muito bem-vinda», declarou o responsável.

«O Brasil vai se tornado cada vez mais uma potencial alternativa para os jovens (portugueses)», opinou ainda Vianna, sobretudo devido à crise económica que Portugal atravessa e o bom momento da economia brasileira.

Lusa/SOL, aqui.

 

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios