FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2012
Secretário de Estado das Comunidades na África do Sul com ensino do Português e segurança na agenda
2012-01-07

O secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, chegou hoje de manhã a Joanesburgo, para uma visita de cinco dias à África do Sul que terá como pontos fortes o ensino do Português e a segurança da comunidade.

Em declarações na sexta-feira à agência Lusa, José Cesário manifestou preocupação pelo número de professores recrutados em Portugal que na África do Sul acabam por "desistir sucessivamente" e faltar, afirmando ser sua intenção discutir com os responsáveis locais novas soluções para o programa de ensino da 'língua de Camões'.

"É uma matéria muito complexa. Os professores que sucessivamente lá são colocados faltam, desistem, e vamos ter de encontrar novas soluções. Para já, está definido um caminho, que passa por recorrer, a partir de agora, a muito mais contratação local do que até aqui", disse O secretário de Estado, que conhece bem a realidade sul-africana em resultado das várias visitas feitas no passado recente ao país como deputado da emigração.

Em Joanesburgo, a maior cidade sul-africana e coração económico do país, e Pretória, a capital política onde também reside um elevado número de portugueses e luso-descendentes, Cesário terá encontros com responsáveis da educação, designadamente da coordenação, baseada na embaixada portuguesa, conselheiros, dirigentes comunitários e membros da comunidade, para avaliar a situação e os problemas do momento.

Um desses problemas, confessou o governante à Lusa, é o da insegurança. Após alguns anos de relativos progressos na área da criminalidade, aliás em linha com os que se verificaram nas estatísticas sul-africanas de crimes violentos, em 2010 voltaram a registar-se incidentes de grande violência contra portugueses e luso-descendentes, com um balanço de pelo menos quatro mortes, três das quais na área consular de Joanesburgo.

Na África do Sul, onde se calcula residirem cerca de 400 mil portugueses e luso-descendentes, José Cesário visitará algumas empresas industriais e agropecuárias de portugueses, e a igreja de Nossa Senhora de Fátima, em Benoni, na zona leste de Joanesburgo, onde, no domingo, participará numa missa e numa homenagem às vítimas da violência, cerca de quatro centenas, recordadas num monumento erguido naquele templo pelo Fórum Português.

Diário de Notícias da Madeira, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios