FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2011
Mais de cem mil portugueses emigraram em 2011
2011-12-27

Apesar de dizer que não há números concretos sobre a emigração portuguesa, o secretário de Estado José Cesário revelou que as saídas para a Suíça, França e Brasil estão a subir.

O secretário de Estado das Comunidades diz que entre cem e 120 mil portugueses emigraram em 2011, confirmando-se assim uma «tendência dos últimos anos», que «dura há quatro, cinco, seis anos».

Em declarações ao jornal i, José Cesário adiantou que não existem dados concretos sobre a emigração portuguesa, mas garante que as saídas «estão a aumentar para países como a Suíça, a França ou Brasil».

Este governante explicou que «até há dois anos as pessoas que emigravam para o Brasil iam para o Nordeste e agora vão também para o Rio de Janeiro e São Paulo».

A Secretaria Nacional de Justiça brasileira indicou mesmo que os pedidos de residência permanente por parte de portugueses aumentaram de 276703 para 328856 entre Dezembro de 2010 e Junho de 2011, tendo ainda sido emitidos muitos vistos para a realização de trabalhos temporários, estudos e pesquisas.

Apesar de não existirem números concretos, José Cesário disse que se conhece os «fluxos» da emigração portuguesa e que se sabe que «cada vez há mais trabalho temporário, as pessoas vão por determinado período de tempo e regressam».

Este secretário de Estado mostrou-se ainda preocupado quando vê «emigrar jovens com grande preparação académica e científica», numa altura em que esta emigração é cada vez mais qualificada e começa em faixas etárias mais novas e estende-se até idades mais avançadas.

TSF, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios