FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2011
Portugal fecha sete embaixadas
2011-11-16
Portugal vai encerrar sete embaixadas, quatro vice-consulados e um escritório consular.

Portugal vai encerrar sete embaixadas, quatro vice-consulados e um escritório consular, estando prevista a abertura "muito proximamente" de uma representação diplomática no Qatar, anunciou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, no parlamento.

Esta reforma vai permitir poupar 12 milhões de euros em 2012, afirmou. As embaixadas portuguesas que vão ser desativadas são Andorra, Bósnia-Herzegovina, Estónia, Letónia, Lituânia, Malta e Quénia, disse Portas na apresentação do Orçamento do Estado 2012 para o ministério que tutela nas comissões de Orçamento e Finanças, Negócios Estrangeiros e Assuntos Europeus.

Paulo Portas acrescentou que a jurisdição do vice-consulado de Frankfurt (Alemanha) vai passar para Estugarda, Osnabruck para Dusseldorf, a de Clairmont-Ferrand (França) passa para Lyon e Nantes para Paris. O escritório consular de Lille passará para Paris, disse.

O embaixador de Portugal em França assumirá também a representação do país junto da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), tal como acontecerá na Áustria, onde o embaixador em Viena terá a seu cargo a representação junto da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE).

Esta medida vai possibilitar a abertura de novas embaixadas em países ou regiões onde Portugal precisa de estar representado, como a Ásia e América Latina, afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros.

A comunidade portuguesa em Andorra tem agendada para sábado uma concentração de protesto contra o fecho da embaixada, a segunda depois de, em meados de outubro, o embaixador de Portugal no Principado, Mário Damas Nunes, ter dito que a missão diplomática fechará portas até final do ano.

A 18 de outubro, cerca de duas centenas de portugueses concentraram-se pela primeira vez junto à embaixada de Portugal para contestar o eventual encerramento.

Em Andorra vivem cerca de 13 mil portugueses, o que representa quase 16 por cento da população do Principado. Cerca de 500 portugueses manifestaram-se a 05 de novembro em Frankfurt (Alemanha), contra o eventual encerramento do vice-consulado, que consideram lesivo dos interesses de Portugal e da comunidade portuguesa naquela metrópole alemã.

O encerramento da representação diplomática em Frankfurt obrigará mais de 20 mil utentes ali inscritos oficialmente a recorrer aos consulados-gerais de Estugarda, a mais de 200 quilómetros de distância, sublinharam os organizadores do protesto.

O vice-consulado de Frankfurt serve três Estados federados na Alemanha, Hessen, Renânia-Palatinado e Sarre, com uma área que corresponde a metade da superfície de Portugal continental.


Expresso, aqui.

 

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios