FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2011
França: Festa portuguesa em Pontault-Combault juntou mais de 30 mil pessoas
2011-06-20
A 36ª edição da festa Franco-Portuguesa, organizada pela Associação Portuguesa Cultural e Social (APCS) de Pontault-Combault desde 1975, já é considerada uma das maiores festas portuguesas que se realizam em França. Organizada no parque do Hotel de Ville, cuja câmara apoia desde a primeira hora, esta edição bateu todos os recordes de visitantes, cuja estimativa de presença nos dois dias estará perto de 50.000 pessoas. O artista Tony Carreira e a sua banda foram as principais estrelas deste evento...

No meio associativo em França a Associação Portuguesa Cultural e  Social (APCS) sediada em Pontault-Combault é há muito reconhecida com uma associação modelo, dado a sua aposta no ensino do português, e as actividades culturais como o teatro e grupo coral. No campo recreativo a 36ª festa franco portuguesa feita no parque da cidade, nas traseiras do Hotel de Ville, sede da Câmara, é de igual modo uma das maiores festas portuguesas em França, tal o número de pessoas desta cidade, das cidades limítrofes e da região de Paris que afluem à mesma cuja 36ª edição teve lugar nos dias 11 e 12 de Junho. 
Por isso mesmo, por entre um "mar de gente", artistas portugueses e luso-descendentes, ranchos folclóricos vão passando nestes dois dias no enorme palco, enquadrado por duas alas de barraquinhas de comes e bebes, venda de produtos tradicionais e alimentares portugueses, representações dos bancos portugueses, tudo enquadrado por uma moldura humana a que 80 voluntários da associação, entre sócios e dirigentes dão o seu melhor para que nada falte. Mário Castilho o presidente da Associação e Conselheiro das Comunidades Portuguesas, no final desta edição era um homem orgulhoso, pela sua equipa de trabalho, mas por ter sempre acreditado que esta seria a maior enchente de sempre, ou não tivesse sido o artista português que em França se iniciou no meio artístico - Tony Carreira a principal "estrela" do encerramento dos festejos. "Sempre acreditei que esta seria a maior festa das 35 festas anuais do 10 de Junho que organizámos e estão de parabéns todos os que contribuíram para este sucesso, desde os parceiros "sponsors" aos artistas, aos voluntários com o seu trabalho, à direcção da associação e todos os que aqui estiveram entre nós, em alegre convívio". 
Esta é a maior manifestação cultural popular da da cidade e é um evento reconhecido como um dos mais importantes da região e de França, organizado pela comunidade portuguesa. Nos dois dias estiveram na festa  seguramente, mesmo repetindo a  ida cerca de 50.000 pessoas, tendo o recorde de visitantes sido atingido no domingo à tarde com  Tony Carreira, patrocionado pela Caixa Geral de Depósitos, subiu ao palco. A Caixa Geral de Depósitos a Companhia de seguros Fidelidade e a TAP foram os grandes patrocinadores do evento referidos nos discursos em palco que contribuiram para que fosse possivel um leque tão alargado de artistas.  
Por isso mesmo, desde a primeira hora a Maire de Pontault-Combault - Monique Delessard apoia esta festa, assim como apoia a associação que já considera um parceiro muito importante da vila, vila essa em que 25% da população é portuguesa ou luso-descendente.  Presentes nesta edição mais uma vez o  Embaixador de Portugal em França - Francisco Seixas da Costa, o Cônsul de Portugal em Paris-  Luís Ferraz; o conselheiro social - Vitor Gil, presidente de Câmara de Pontault-Combault - Monique Delessard e, da cidade minhota de Caminha quatro representantes da vereação da autarquia, já que Pontault- Combault é geminada com a cidade minhota de Caminha, uma das geminações mais antigas de Portugal, bem como outras individualidades eleitas pelo Conselho Regional de Seine et Marne.
 
Uma grande associação

O Cônsul Geral de Portugal em Paris, Luis Ferraz nas suas palavras, sobre a festa disse tudo, referindo "quero saudar a nossa associação, porque é de facto uma grande associação,  quero saudar todos, mas o nosso presidente Mário Castilho, é um grande presidente e é uma felicidade que ele seja presidente da nossa associação. Por isso saúdo-o por este evento.  Por fim tenho que dizer que está é a maior festa associativa e temos que o dizer claramente, e vocês são a melhor comunidade portuguesa que existe no mundo e eu tenho de dizer que tenho o maior orgulho de ser Cônsul Geral em Paris". 
Registe-se que foi referido perante esta moldura humana por um dos oradores que o Consulado Geral em Paris dispõe presentemente de umas modernas e funcionais instalações que orgulham a Comunidade Portuguesa. Francisco Seixas da Costa, embaixador de Portugal em França  acompanhado pela sua esposa, move-se neste meio português "como peixe na água" visita todos os stands, cumprimenta toda a gente e não deixa de  referir ao Emigrante/Mundo Português " notou-se mais crescimento nesta 36ª edição da festa em relação ao ano passado. "Esta festa é o grande momento de união dos portugueses da região de Paris, temos a festa da Rádio Alfa, que é uma grande festa, mas esta ainda é maior. Isto é importante porque esta não é uma festa puramente portuguesa, é uma festa franco-portuguesa, em que a comunidade mostra a sua reintegração e o resultado dessa integração e mostra o sucesso da comunidade portuguesa em França. Eu sublinhei nas palavras proferidas nos discursos, a importância da França ter hoje em Portugal um embaixador oriundo da comunidade portuguesa e não há nada que possa simbolizar melhor a capacidade da reintegração dos portugueses, do que é esse facto. Mas também não posso deixar de referir que também a capacidade de reintegração da França. A França ultrapassa alguns problemas de alguma complexidade referente aos seus problemas de reintegração, mas os portugueses provam claramente e o facto de ter em França um embaixador de origem portuguesa,  que a França é capaz de reintegrar,  quem é capaz de perceber a sua realidade, de trabalhar com a sua realidade e respeitar os seus valores. A França é hoje um país, que na sua diversidade integra Portugal. As condecorações que a Embaixada de França em Portugal  tem entregue  a personalidades portuguesas, significa o reconhecimento da França pelo que Portugal dá  para a sua própria diversidade".
 José Ramalho director Geral da Caixa geral de Depósitos em França acerca do apoio dado pelo banco a esta festa referiu "estou cá só desde Agosto, isto para mim é uma novidade e estou impressionadíssimo, com uma moldura humana tão grande. A comunidade é a nossa razão de ser e a comunidade portuguesa também sabe que tem em nós um servidor financeiro para todos os serviços que necessitarem. A CGD está presente em toda a França  e procuramos ter todos os produtos financeiros que a comunidade portuguesa precisa e felizmente graças ao esforço desta comunidade ela tem vindo a progredir  e cada vez a precisar de mais produtos financeiros e mais apoios para os seus projectos e,  a CGD tem vindo a  acompanhar essa evolução na comunidade, com todo o gosto, toda a colaboração e toda a parceria que podemos ter com eles".
António Freitas

Mundo Português, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios