FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2011
Comunidade portuguesa "bastante incomodada e desapontada" com situação atual de Portugal - deputado Carlos Gonçalves
2011-04-20
Lisboa, 20 abr (Lusa) -- A comunidade portuguesa residente em Espanha está "bastante incomodada e desapontada" com a atual situação de Portugal, que faz manchete nos jornais daquele país, afirmou o cabeça de lista do PSD pelo Círculo da Europa, Carlos Gonçalves.

O cabeça de lista às próximas eleições do PSD pelo Círculo da Europa, Carlos Gonçalves, falava à agência Lusa depois de ter efetuado uma visita a Madrid e área consular de Bilbao, onde se encontrou com diversos representantes da comunidade portuguesa.

"A primeira impressão que eu levo desta visita é que a nossa comunidades residente em Espanha sente-se bastante incomodada com a imagem que Portugal está a ter, muito particularmente nos órgãos de comunicação espanhóis", afirmou Carlos Gonçalves, referindo-se a atual crise económica e politica que Portugal atravessa.

A comunidade está "desapontada pela situação a que o país chegou e muito particularmente desiludida com uma ação governativa que levou o país a uma situação que hoje é primeira página dos jornais da Espanha, acrescentou.

De acordo com cabeça de lista do PSD pelo Círculo da Europa, "todos os noticiários espanhóis de ontem [quinta-feira] falavam da vinda dos técnicos do FMI a Portugal".

"Uma comunidade que está instalada neste país há varias décadas, trabalhadora e que dignifica o país, realmente só se pode sentir incomodada, despontada e desiludida com o estado a que chegou o nosso pais", frisou.

Gonçalves lembrou, por outro lado, que no seguimento da própria crise que Portugal atravessa, "sente-se em Espanha -- sobretudo nos sítios onde há uma grande comunidade portuguesa -- a chegada diária de portugueses que procuram emprego".

Isto apesar de a situação na Espanha atualmente "também não ser a mais fácil", lembrou. "Esta chegada diária de portugueses demonstra a situação quase aflitiva que Portugal atravessa", lamentou Gonçalves.

Há por parte da comunidade portuguesa residente em Espanha "um apelo claro aos políticos portugueses -- e neste caso também ao PSD -- para que do ato eleitoral [de 05 de junho] saia um governo que seja capaz de alterar o a situação do país, e, muito particularmente, um governo que saiba contar com os portugueses que residem no estrangeiro", disse Gonçalves.

"São pessoas de valor e que já no passado deram uma ajuda muito importante a Portugal e que neste momento exigem que haja um governo que tenha sensibilidade para as comunidades portuguesas, e que integre esta questão nas suas preocupações diárias de governação", salientou.

O cabeça de lista do PSD pelo Círculo da Europa visita terça-feira a área consular de Bordéus, antiga área consular de Baiona e Bordéus, para encontros com a comunidade portuguesa aí residente. Na ocasião, Carlos Gonçalves visitará também as instalações do Consulado de Portugal em Bordéus.

SK

*** Serviço áudio disponível em www.lusa.pt ***

Lusa/fim, aqui.

 

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios