FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2011
45% dos portugueses e luso descendentes a viver em França dizem não pretender regressar a Portugal
2011-02-25
Revela o Estudo das Comunidades Portuguesas em França 2010

O "Estudo das Comunidades Portuguesas em França, 2010" realizado pela Fundação Vox Populi, revela que os portugueses e luso descendentes a viver em França, estão divididos entre permanecer no país de acolhimento (45%) e regressar a Portugal (42%). Os que não pretendem regressar, alegam, maioritariamente, como razão para ficar o facto de terem família em França (45%).

Os emigrantes que querem retornar a Portugal, tencionam fazê-lo com o objectivo de aproveitar o tempo da reforma (32%), e pretendem concretizar esse desejo, em média, daqui a doze anos. No entanto, os entrevistados mais velhos, com mais de 54 anos, pensam fazê-lo já daqui a quatro anos.

O estudo revela também que a França é vista como o país do trabalho - o que acontece durante onze meses, e Portugal como o país das férias - o que acontece durante um mês ansiosamente esperado, normalmente, em Agosto. Por isso os portugueses emigrados em França vêm a Portugal numa frequência que vai de uma vez por ano (45%) a várias vezes ao ano (27%). A duração da última visita a Portugal foi de 22 a 30 dias (31%), de 8 a 15 dias (25%), de 16 a 21 dias (19%), de 1 a 7 dias (9%), de 31 a 60 dias (7%), mais de 60 dias (3%).

Os portugueses e luso-descendentes dizem que gostam "muitíssimo" (50%) e "muito" (44%) de viajar até ao nosso país. Mas muitos - sobretudo os que têm idades compreendidas entre os 18 e os 44 anos de idade (29,5%) - já declaram "ir cada vez menos a Portugal", revelando um enfraquecimento nos laços estabelecidos com o país de origem.

Luís Queirós, presidente da Fundação Vox Populi, declara a propósito deste estudo que "os portugueses de França, trazem Portugal no coração, mas a balança começa a inclinar-se para a terra onde ganham o pão de cada dia. Revelam um sentimento de abandono por parte dos nossos governantes". E revela ainda que "foi por reconhecer a sua importância que nós, na Fundação Vox Populi, sentimos o dever de auscultar e dar a conhecer a opinião destes portugueses. Afinal, é uma forma de exprimir o nosso lema: Sou português, tenho opinião, cuido o futuro"



Estudo das Comunidades Portuguesas em França 2010

Estudo desenvolvido pela Fundação Vox Populi, que visa averiguar e analisar quem são e o que pensam os portugueses e os filhos de portugueses emigrantes sobre Portugal. Para o Estudo das Comunidades Portuguesas em França em 2010, foi inquirida uma amostra composta por 275 famílias portuguesas ou luso-descendentes, residentes em França. Por família, foi entrevistado um elemento com 18 ou mais anos. As entrevistas foram realizadas através do auto-preenchimento de um questionário enviado pelo correio e respondido em papel ou através da Internet (apenas 5% responderam via internet).

O estudo (versão em pdf) pode ser consultado no site da Fundação Vox Populi, aqui.

www.fvp.pt

 

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios