FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2011
Comunidade lusa em África recebe lições de português pela televisão
2011-02-21
Arranca hoje a primeira emissão, a partir da África do Sul, de “Lições de Português”. O programa televisivo, que quer preservar a identidade portuguesa junto da comunidade emigrada, pode ser visto também em Angola e Moçambique.

A comunidade lusa espalhada pela África do Sul passa, a partir de hoje, a poder apurar o domínio da Língua Portuguesa através da televisão. A iniciativa também vai estar disponível em Angola e Moçambique.

Nesta segunda-feira, em que se assinala o Dia Internacional da Língua Materna, arranca, num canal digital sul-africano, um novo programa com lições de Português.

Viriato Barreto é produtor de televisão na África do Sul há mais de duas décadas e afirma que há anos que chama a atenção do Governo português para as falhas no ensino da língua à comunidade ali residente. Foi então que decidiu fazer uma proposta directa ao Executivo português.

Hoje arranca o primeiro programa. Viriato Barreto produziu e filmou lições de Português, que agora passam na televisão digital, que abrange grande parte do território africano, incluindo Angola e Moçambique. A grande preocupação deste produtor de televisão é não deixar que o português morra ou perca importância em África.

Reside agora na África do Sul uma população portuguesa que se estima entre 300 mil a meio milhão de pessoas, muitas das quais são originárias da ilha da Madeira.

Esta iniciativa pretende evitar que a identidade portuguesa se perca numa comunidade tão numerosa, que recentemente tem vindo a substituir a língua-mãe pelo inglês. 



João Cunha    

Rádio Renascença, aqui

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios