FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2011
Guimarães procura embaixadores no Luxemburgo
2011-02-03

Guimarães apresentou no domingo os embaixadores que vão promover a Capital Europeia da Cultura localmente e nas comunidades de emigrantes, durante uma cerimónia a que assistiu a ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, mas ainda procura um representante no Luxemburgo.

Os embaixadores estão divididos em quatro grupos, de âmbito local, regional, nacional e nas comunidades. Entre os portugueses na diáspora, os embaixadores para já apresentados foram escolhidos "a partir das cidades com que Guimarães tem acordos de geminação ou com quem o município tem acordos de cooperação", disse ao CONTACTO Andreia Martins, do departamento de Comunicação da Capital da Cultura.

Mas ainda há vagas na lista de embaixadores, e o Luxemburgo é um país considerado importante pela organização.

"Estamos sempre abertos a fazer crescer a lista de embaixadores. O Luxemburgo tem sem dúvida uma comunidade portuguesa muito representativa, e teremos certamente alguém a assumir esse papel, mas ainda não temos um nome", adiantou Andreia Martins ao CONTACTO.

A lista de embaixadores na diáspora apresentada no domingo inclui o professor de língua portuguesa Manuel Brás, de Neuchâtel, na Suíça, e o jornalista Carlos Silva, de Compiégne, em França, cidades geminadas com Guimarães.

A organização nomeou também embaixadores em Igualada e nas Canárias, em Espanha, em Kaiserlauten, na Alemanha, e em Dijon e Turcoing, em França.

A Capital Europeia da Cultura em Guimarães arranca oficialmente daqui a um ano, a 21 de Janeiro de 2012.

Paula Telo Alves (c/ agências)

Contacto, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 322

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios