FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2010
Onda de emigração portuguesa está a regressar a França
2010-12-22
A Estrasburgo têm chegado dezenas de portugueses que procuram melhores condições de vida. Muitos destes emigrantes não pensam regressar a Portugal.

Em tempos de crise, a onda de emigração está a regressar a França. A Estrasburgo têm chegado dezenas de portugueses que procuram melhores condições de vida.

"Estamos a falar de dezenas, pelo menos nesta área vamos tendo conhecimento que andam a procura de trabalho", explica à Renascença Isabel Cardoso, da Associação de Portugueses desta cidade francesa.

Rui é um jovem de 25 anos, está há pouco mais de um ano em Estrasburgo e tem objectivos bem traçados. "Acabar o mestrado, iniciar a vida activa aqui, ganhar experiência. Não considero útil e aconselhável voltar agora para Portugal", afirma.

Estes emigrantes enfrentam um país desconhecido, uma língua que não dominam, procuram a estabilidade que não têm em Portugal e já trabalham noutras áreas bem diferentes das tarefas que eram ocupadas pelos primeiros portugueses que procuraram a França.

"A primeira geração ainda continua nas obras. Na geração que vem agora já há muitos advogados, pessoas com grandes cargos, em grandes firmas", conta Isabel Cardoso.

Para muitos destes emigrantes, Portugal continua a ser um país pouco atractivo e vai servindo apenas para passar férias e matar saudades da família.

Liliana Monteiro

Rádio Renascença, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios