FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2010
Consulado e Academia da Espetada de Caracas preparam I Encontro sobre Inclusão Social e Combate à Pobreza
2010-08-11
Caracas - O Consulado Geral de Portugal (CGP) e a Academia da Espetada de Caracas estão a preparar o I Encontro da Comunidade Portuguesa na Venezuela sobre Inclusão Social e Combate à Pobreza, anunciou hoje aquela representação diplomática. Num comunicado, o CGP explica que a "iniciativa se insere no âmbito do Programa Nacional (português) do Ano Europeu de Combate à Pobreza e Exclusão Social" e terá lugar nos dias 13 e 14 de novembro próximo no Centro Português de Caracas.

 
Segundo CGP "o fenómeno da pobreza, porventura a dimensão mais visível da exclusão social, sempre teve expressão no seio da comunidade portuguesa radicada na Venezuela, mas a consciencialização e debate sobre esta temática é relativamente recente".   


 
"Tendo presente esta realidade, afigura-se como vantajoso o lançamento de um encontro de reflexão e um debate abrangente com os principais parceiros que têm um envolvimento no domínio social no seio da comunidade portuguesa na Venezuela, fomentando-se, assim, a consciência de que o combate à pobreza e exclusão social  é uma responsabilidade de todos, e requer atuações aos mais diversos níveis", explica.  


  
 A iniciativa tem como propósitos "encorajar a participação e o compromisso de todos os segmentos da comunidade na luta contra a pobreza e exclusão social, privilegiar a participação e fomentar o testemunho de pessoas com experiência direta" naquela temática.  
 


Mas também pretende "mobilizar todos os intervenientes - já que, para haver progressos tangíveis, é necessário um esforço continuado, a todos os níveis de governação - dar voz às preocupações e necessidades" dos afetados, bem como motivar os cidadãos portugueses, e estimular a organizações da rede associativa a participar na luta contra a pobreza.  


 
Na Venezuela, existem várias Academias da Espetada, a primeira delas foi criada a 11 de agosto de 2003 na cidade de Maracay. É uma organização sem fins lucrativos, inspirada na Academia do Bacalhau de Caracas, que realiza tertúlias e atividades de solidariedade. Em Caracas foi oficializada a 18 de maio de 2009. 

 Angola Press, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios