FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2010
França: Misericórdia de Paris vai realizar um estudo sobre os portugueses carenciados
2010-06-09
A Santa Casa da Misericórdia de Paris vai realizar um estudo sobre a situação das pessoas mais carenciadas na comunidade portuguesa. Um trabalho que terá o apoio da Embaixada de Portugal em França, e que se insere na campanha «Organizar a solidariedade no seio da comunidade portuguesa em França», uma iniciativa apoiada pela Secretaria de Estado das Comunidades no âmbito do Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social 2010.

 

A campanha foi lançada no dia 1 de Junho, Embaixada de Portugal em Paris. Sobre o estudo, Manuel Antunes da Cunha, da Santa Casa da Misericórdia de Paris, referiu à Lusa tratar-se de um "observatório informal da pobreza" na comunidade portuguesa em França.

O observatório integra um programa mais vasto realizado no âmbito do Ano Europeu da Luta Contra a Pobreza e a Exclusão Social. "O observatório, que poderá ou não revestir posteriormente uma estrutura formal, pretende acompanhar as situações de carência entre os portugueses em França", declarou à Lusa Manuel Antunes da Cunha que é ainda o coordenador do projecto.

Há mais casos de pobreza

Manuel da Cunha revelou que embora a maioria dos emigrantes portugueses em França tenha uma situação estável, há cada vez mais situações de exclusão e pobreza, que em muitos casos são desconhecidas porque as pessoas "são muito renitentes em pedir ajuda às autoridades".
 "Constatamos no nosso trabalho que há cada vez mais portugueses em França sem tanta sorte como a maioria, que têm sucesso e estão integrados", sublinhou à Lusa referindo "situações entre os emigrantes mais novos e os mais idosos que, por diferentes razões, não têm uma reforma suficiente para viver". 
Pessoas que tentam resolver os problemas sozinhas e, por isso, "deixam chegar a sua situação ao limite", sublinhou. "Não querem mostrar a sua exclusão porque, para eles, se trata de um duplo fracasso, uma vez que a emigração é, em primeiro lugar, uma tentativa de melhorar a sua vida", acrescentou Manuel Antunes da Cunha.

Apoio da Embaixada

Foi no âmbito da campanha «Organizar a solidariedade no seio da comunidade portuguesa em França», que a Embaixada de Portugal em França estabeleceu uma parceira com a Santa Casa da Misericórdia de Paris que visa "disponibilizar a esta instituição recursos humanos, instalações, dados estatísticos, documentação e outros meios que se afigurem necessários para a realização de um estudo sobre a situação das pessoas mais carenciadas", como explica uma nota divulgada pela Embaixada de Portugal.
No mesmo documento, lê-se que o trabalho a ser desenvolvido por aquela instituição de raiz portuguesa, corresponde a "um real e objectivo interesse da Embaixada em aprofundar o conhecimento dos problemas sociais da comunidade portuguesa em França e assim permitir o melhor funcionamento dos instrumentos existentes de apoio social a pessoas carenciadas". 
A campanha deverá terminar em Dezembro deste ano e prevê ainda a realização de seis encontros em comunidades católicas e associações da região de Paris, de Lille e de Lyon, além da celebração do "Dia Mundial do Idoso", prevista para 3 de Outubro e da organização das «Primeiras Jornadas Sociais da Comunidade Portuguesa de França», que deverão decorrer de 25 a 30 de Outubro. 
A.G.P.


Mundo Português, aqui.

 

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios