FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2010
Espanha: Desemprego na construção obriga operários portugueses a partirem
2010-02-01

Espanha chegou a ter 90 mil portugueses a trabalhar na construção civil, mas a ameaça do desemprego levou cerca de 80 por cento a procurar outros destinos, com salários ainda mais atractivos, segundo o líder do sindicato português do sector.
Angola, Bélgica, França, Noruega, Holanda e Suíça são alguns dos países que estão a acolher trabalhadores portugueses que saíram de Espanha devido à recessão na indústria da construção, disse à Lusa Albano Ribeiro.
"Os trabalhadores que perderam o emprego em Espanha dificilmente voltam a Portugal", acrescentou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção, Madeiras, Mármores, Pedreiras, Cerâmica e Materiais de Construção de Portugal.
A justificação reside nos elevados ordenados que os operários qualificados de 1ª podem auferir em países como França (2.500 euros) ou Angola (três mil euros), comparativamente aos 539 euros da tabela portuguesa, e acima dos 1700 euros pagos, em média, em Espanha.
"Nos últimos cinco anos chegámos a ter, no pico, cerca de 90 mil trabalhadores portugueses em Espanha. Agora temos cerca de 30 mil", disse o líder sindical.
Albano Ribeiro salientou que os portugueses "não têm tido dificuldade em encontrar trabalho" no sector da construção, adiantando que o governo francês lançou um ambicioso programa de requalificação urbana e os belgas estão empenhados em promover as obras públicas.
O sindicalista lembrou que estes trabalhadores não encontram oportunidades de trabalho em Portugal, onde a "construção residencial bateu no fundo", mas admite que o lançamento de grandes infra-estruturas públicas possa criar 15 a 20 mil novos postos de trabalho.

Mundo Português, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios