FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa 2010
Música: 'Michelle, Ma Belle" dos Beatles vive em S. Miguel, Açores
2010-01-17

Michelle Buehler tinha 15 anos quando ouviu pela primeira vez a canção dos Beatles com o seu nome e só então acreditou que tinha inspirado os 'Quatro de Liverpool', mas passados 45 anos não tem esse disco.

A história ocorreu entre 1963 e 1965 e só agora se tornou pública devido a uma reportagem de um jornalista açoriano, que a descobriu por acaso.

Michelle Buehler nasceu em 1950 em Fall River, cidade norte-americana ‘irmã' de Ponta Delgada, onde vive desde 1996.

Quando tinha 13 anos, Michelle escreveu um curto texto para o concurso ‘O que farias se te encontrasses com os Beatles', lançado por uma revista norte-americana no quadro da primeira visita da banda inglesa aos EUA, cujo prémio principal consistia "numa conversa com eles".

"Ganhei o concurso, mas não acreditei à primeira quando recebi uma chamada que a telefonista indicou ser do Reino Unido e que me pôs à fala com Paul McCartney, John Lennon, George Harrison e Ringo Star", recordou Michelle, em declarações à Lusa.

Durante a conversa, os quatro músicos, além de lhe terem feito muitas perguntas, desde como estava a correr a escola até ao que mais gostava, prometeram-lhe que "talvez escrevessem uma canção" com o seu nome.

"Pensei que era uma brincadeira do meu pai, que sabia da minha participação no concurso, e o caso ficou por aí", salientou.

As coisas mudaram quando ouviu pela primeira vez a canção 'Michelle', altura em que se lembrou do que os Beatles tinham dito.

‘Michelle' é uma canção do álbum ‘Rubber Soul', de 1965, composta e cantada por Paul McCartney, que foi gravada nos estúdios de Abbey Road.

A história manteve-se quase em segredo e, segundo Michelle Buehler, só agora chegou ao público porque um colega da escola privada de pintura com quem colabora "deu com a língua nos dentes", fazendo-a chegar a um jornalista.

A ‘musa' dos Beatles assegurou ter sempre evitado falar no assunto, mesmo quando, em 1987, se deslocou a Nova Iorque e teve um encontro com Yoko Ono, viúva de John Lennon.

Michelle confessou que, na adolescência, vibrava com as músicas dos Beatles, mas admitiu que apenas possui alguns dos álbuns do grupo.

"O que é mais curioso é que não tenho o disco com o tema com o meu nome", frisou.

Michelle Buehler, descendente de emigrantes açorianos, vive numa quinta na vila de Rabo de Peixe, na costa norte de S. Miguel, mas está a tratar de vender a propriedade para regressar aos EUA.

Apesar de pretender fixar residência em Fall River, assegurou à Lusa que quer continuar a passar o Inverno nos Açores.

"Os meus bisavós, que eram de Fenais da Ajuda e da Povoação, conheceram-se no barco em que emigraram para os EUA", afirmou, salientando o seu especial interesse em viver na ilha de S. Miguel, que se vê obrigada a deixar devido aos problemas profissionais enfrentados pelo seu marido, "um canalizador que não fala português".

Até encontrar comprador para a sua quinta, o que espera que aconteça antes do fim do ano, Michelle vai continuar a pintar, a cozinhar, a fazer jardinagem e a ouvir os Beatles em Rabo de Peixe. Mas o tema ‘Michelle' só pode escutar na rádio ou na televisão porque não tem o disco.

Contacto, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte-iul.pt

Parceiros Apoios