FR
Início / Recursos / Recortes de imprensa / 2009
Carlos Gonçalves defende valorização dos empresários das comunidades
2009-11-10

Portugal deve aproveitar, principalmente neste momento de crise financeira mundial, o tecido empresarial das comunidades portuguesas como estímulo à economia nacional, destacou o deputado do PSD.
"É preciso fazer entender em Portugal que é fundamental, eu diria mesmo essencial, num momento de crise contar com o tecido empresarial das comunidades portuguesas e, neste particular, com o da França, que é o mais significativo da Europa", disse à Agência Lusa Carlos Gonçalves.
O parlamentar, que foi convidado a presidir no dia 9, no Porto, a um almoço com empresários portugueses e luso-descendentes organizado pela Câmara de Comércio Luso-Francesa, destacou que "há 45 mil empresas de portugueses em França" e acrescentou ser necessário "fazer de tudo no sentido de aproveitar este tecido empresarial no investimento no nosso país, que tanto necessita".
Sobre as actuais políticas governamentais neste sector, o deputado indicou que "o eventual aproveitamento do investimento dos emigrantes, a vários níveis, em Portugal dilui-se em todas as políticas gerais de aproveitamento do investimento", acrescentando que ele é "um daqueles que entende que tem haver uma forma de trabalhar própria em relação à comunidade portuguesa".

Mundo Português, aqui.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios