FR
Início / Recursos / Bibliografia / Referências bibliográficas sobre emigração portuguesa
Referências bibliográficas sobre emigração portuguesa
2013-02-01

Acheson, Julianna (1990), Putting Rungs on the Ladder – Portuguese Emigration, Return Migration and the Restructuring of Northern Rural Society, The University of Arizona (tese de doutoramento).

Aguiar, Manuela (1987), Emigration Policy and Portuguese Communities, Porto, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas/Centro de Estudos.

Aguiar, Manuela (1987), Política de Emigração e Comunidades Portuguesas, Porto, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas/Centro de Estudos.

Aguiar, Maria Manuela (1986), "Por uma política para as comunidades portuguesas: o Conselho das Comunidades Portuguesas: reflexão sobre o seu papel e o seu percursos", Povos e Culturas(1), pp.

Aguiar, Maria Manuela (2009), "O Conselho das Comunidades Portuguesas e a representação dos emigrantes", Revista Migrações(5), pp. 257-262.

Almeida, Carlos (1973), "Sobre a problemática da emigração portuguesa: notas para um projecto de investigação interdisciplinar ", Análise Social(40), pp. 778-789.

Almeida, Carlos, e António Barreto (1976), Capitalismo e Emigração em Portugal, Lisboa, Prelo Editora.

Almeida, Carlos C. (1975), "Movimentos migratórios, espaços socioculturais e processos de aculturação", Análise Social, XI (42-43 ), pp. 203-212.

Almeida, Geraldo (2002), "Enquadramento legal – legislação portuguesa", em Maria Ioannis Baganha, João Ferrão, e Jorge Malheiros (orgs.), Os Movimentos Migratórios Portugueses e a sua Incidência no Mercado de Trabalho em Portugal, Lisboa, Observatório do Emprego e Formação Profissional, pp. 369-388.

Almeida, J.C. Ferreira de (1966), "Dados sobre a emigração portuguesa em 1963-65: alguns comentários", Análise Social, IV (13), pp. 116-128.

Almeida, Onésimo Teotónio (1997), Rio Atlântico, Lisboa, Salamandra.

Almeida, Onésimo Teotónio de (2009), "Prefácio", em Daniel Melo, e Eduardo Caetano da Silva (orgs.), Construção da Nação e Associativismo na Emigração Portuguesa, Lisboa, Imprensa de Ciências Sociais.

Alves, Aníbal Augusto (1986), Emigração na Imprensa de Braga. Narrativa e Ideologia Évora, n.d.

Alves, Jorge F. (1993), "Lógicas migratórias no Porto oitocentista ", em Nizza da Silva, Ioannis Baganha, Maranhão, e Míriam Halpern Pereira (orgs.), Emigração/imigração em Portugal. Actas do Congresso Internacional sobre Emigração e Imigração em Portugal (séculos XIX e XX), Lisboa, Fragmentos.

Alves, Jorge Fernandes (1999), "Emigração portuguesa: o exemplo do Porto nos meados do século XIX", Revista de História, IX, pp. 267-289.

Alves, Marcial (1983), Os Portugueses no Mundo, Lisboa, O Dia.

Amaro, Rogério Roque (1985), "Ei-los que voltam: problemas e desafios do regresso dos emigrantes", Revista Crítica de Ciências Sociais(15/16/17), pp. 351-373.

Amaro, Rogério Roque (1985), "Reestruturações demográficas, económicas e socioculturais em curso na sociedade portuguesa: o caso dos emigrantes regressados", Análise Social, XXI (87-88-89), pp. 605-677.

Amorim, Maria Norberta (1993), "Emigração em três paróquias do sul do Pico (finais do século XVIII a 1930): abordagem microanalítica", em Nizza da Silva, Ioannis Baganha, Maria José Maranhão, e Míriam Halpern Pereira (orgs.), Emigração/imigração em Portugal. Actas do Colóquio Internacional sobre Emigração e Imigração em Portugal (séculos XIX e XX), Lisboa, Fragmentos.

Amorim, Maria Norberta (1995), "Emigração e envelhecimento. Evolução de três paróquias do Sul do Pico entre 1680 e 1980 ", em Núcleo Cultural da Horta (org.), O Faial e a Periferia Açoriana nos Séculos XV a XIX – Actas do I Colóquio, Núcleo Cultural da Horta, pp. 319-332.

Anido, Náyade, e Rubens Freire (1976), "A existência de ciclos emigratórios na emigração portuguesa", Análise Social, XII (45), pp. 179-186.

Antunes, M. L. Marinho (1970), "Vinte anos de emigração portuguesa: alguns dados e comentários", Análise Social, XVIII (30-31), pp. 299-385.

Antunes, M. L. Marinho (1981), "Migração portuguesa, mobilidade social e identidade cultural", Análise Social(65), pp. 17-28.

Antunes, M. L. Marinho (1981), "Migrações, mobilidade social e identidade cultural: factos e hipóteses", Análise Social, XVII (65), pp. 17-27

Arroteia, Jorge (1982), Os Ílhavos e os Murtoseiros na Emigração Portuguesa, Universidade de Aveiro, Aveiro (Tese de Doutoramento).

Arroteia, Jorge (1983), A Emigração Portuguesa, suas Origens e Distribuição, Lisboa, ICALP.

Arroteia, Jorge (1985), "Aspectos recentes da emigração portuguesa", Revista Crítica de Ciências Sociais(15/16/17), pp. 435-443.

Arroteia, Jorge (1985), Atlas da Emigração Portuguesa, Porto, Secretaria de Estado da Emigração/Centro de Estudos.

Arroteia, Jorge (1985), Portugal. Perfil Geográfico e Social, Lisboa, Livros Horizonte.

Arroteia, Jorge (1986), "A emigração portuguesa: características e perspectivas recentes", Povos e Culturas, I, pp. 129-141.

Arroteia, Jorge (1986), Ensaio Tipológico sobre os Movimentos Migratórios Portugueses, Porto, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas/Centro de Estudos.

Arroteia, Jorge (2001), "As comunidades portuguesas no mundo", Janus, pp. 136-137.

Arroteia, Jorge (2010), "Portugal e a emigração", Cadernos da Revista de História Económica e Social(1 e 2), pp.

Arroteia, Jorge (2010), "Portugueses em diáspora: identidade e cidadania", População e Sociedade(18), pp. 145-159.

Arruda, José Jobson de Andrade (2007), "A expansão europeia oitocentista: emigração e colonização", População e Sociedade(14), pp. 13-40.

Assumpção, Vera (1985), A história exemplar de uma família cafeicultora de origem portuguesa, Porto, Secretaria de Estado de Emigração/Centro de Estudos.

Auretta, Christopher Damien (2011), "António Gedeão and Jorge de Sena: myth, tradition and the poetics of Diaspora", em Francisco Cota Fagundes, Irene Maria F. Blayer, Teresa F. A. Alves, e Teresa Cid (orgs.), Narrating the Portuguese Diaspora. Piecing things together Nova Iorque, Peter Lang Publishing, pp. 3-18.

Baganha, Maria Ioannis (1991), "Uma imagem desfocada: a emigração portuguesa e as fontes sobre a emigração", Análise Social, XXVI (112-113), pp. 723-739.

Baganha, Maria Ioannis (1993), "Principais características e tendências da emigração portuguesa ", Comunicação apresentada no Estruturas Sociais e Desenvolvimento, Lisboa, Fragmentos.

Baganha, Maria Ioannis (1994), "As correntes emigratórias portuguesas no século XX e o seu impacto na economia nacional", Análise Social, XXIX (128), pp. 959-980.

Baganha, Maria Ioannis (2003), "From closed to open doors: Portuguese emigration under the Corporatist Regime", e-Journal of Portuguese History, 1 (1), pp. 1-16.

Baganha, Maria Ioannis (2009), "Migração transatlântica: uma síntese histórica", em José Vicente Serrão, Magda de Avelar Pinheiro, e Maria de Fátima Sá e Melo Ferreira (orgs.), Desenvolvimento Económico e Mudança Social. Portugal nos Últimos Dois Séculos. Homenagem a Míriam Halpern Pereira, Lisboa, ICS – Imprensa de Ciências Sociais, pp. 405-422.

Baganha, Maria Ioannis, João Ferrão, e Jorge Malheiros (2002), "Emigração portuguesa", em Maria Ioannis Baganha, João Ferrão, e Jorge Malheiros (orgs.), Os Movimentos Migratórios Portugueses e a sua Incidência no Mercado de Trabalho em Portugal, Lisboa, Observatório do Emprego e Formação Profissional, pp. 71-171.

Baganha, Maria Ioannis, João Ferrão, e Jorge Malheiros (2002), "A informação estatística sobre migrações internacionais em Portugal – situação actual e propostas de actuação", em Maria Ioannis Baganha, João Ferrão, e Jorge Malheiros (orgs.), Os Movimentos Migratórios Portugueses e a sua Incidência no Mercado de Trabalho em Portugal, Lisboa, Observatório do Emprego e Formação Profissional, pp. 43-54.

Baganha, Maria Ioannis, e Pedro Góis (1998/1999), "Migrações internacionais de e para Portugal. O que sabemos e para onde vamos?", Revista Crítica de Ciências Sociais(52-53), pp. 229-280.

Barre, Jorge de la (2003), "Lusodescendant: le terme en questions", Recherches en Anthropologie au Portugal, 9 (9), pp. 13-22.

Barros, Maria Ortelinda (2007), Desenvolvimento em Meio Rural. Contributos da Emigração e do Regresso - Aplicação ao Concelho de Boticas na Região Barrosã, Universidade Aberta, Lisboa (tese de doutoramento).

Bastos, Cristiana (2008), "Migrants, settlers and colonists: the biopolitics of displaced bodies ", International Migration, 46 (5), pp. 27-54.

Borges, Marcelo (2009), "Padrões de migração transatlântica e escolhas de destino no Sul de Portugal", Ler História, especial Emigração/Imigração (56), pp. 83-104.

Braga, Paulo Drumond (2005), Portugueses no Estrangeiro, Estrangeiros em Portugal, Lisboa, Hugin.

Branco, Jorge Portugal (1999), "L’émigration et son contexte: quelques éléments de réflexion sur le Portugal", Latitudes(5), pp. 29-33.

Branco, Jorge Portugal (2003), "Une ou des lusodescendances? Les rencontres européennes de lusodescendants", Recherches en Anthropologie au Portugal(9), pp. 37-45.

Brandão, Maria de Fátima (1993), "O bom emigrante à casa torna?", em Nizza da Silva, Ioannis Baganha, Maria José Maranhão, e Míriam Halpern Pereira (orgs.), Emigração/imigração em Portugal. Actas do Colóquio Internacional sobre Emigração e Imigração em Portugal (séculos XIX e XX), Lisboa, Fragmentos, pp. 163-183.

Braz, Alberto (2011), "Anthony de Sa and the paradoxes of immigration", em Francisco Cota Fagundes, Irene Maria F. Blayer, Teresa F. A. Alves, e Teresa Cid (orgs.), Narrating the Portuguese Diaspora. Piecing things together, Nova Iorque, Peter Lang Publisher, pp. 63-76.

Brettell, Caroline (1976), "Portuguese emigration to Western European countries", European Demographic Information Bulletin(7), pp. 85-91.

Brettell, Caroline (1978), "Annotated bibliography, nineteenth and twentieth century Portuguese emigration", Portuguese Studies Newsletter(3), pp. 7-18.

Brettell, Caroline (1978), "Emigration and its implications for the Revolution in the North", em Lawrence Graham, e Harry Makler (orgs.), Contemporary Portugal, Austin, University of Texas Press, pp. 281-298.

Brettell, Caroline (1979), "Emigrar para voltar: a Portuguese ideology of return migration", Papers in Anthropology(20), pp. 1-20.

Brettell, Caroline (1983), "Emigração, a Igreja e a festa religiosa no Norte de Portugal: estudo de um caso", Estudos Contemporâneos(5), pp. 175-204.

Brettell, Caroline (1986), Men Who Migrate, Women Who Wait. Population and History in a Portuguese Parish, Princeton, Princeton University Press.

Brettell, Caroline (1987), "In the absence of men", Natural History(February), pp. 52-61.

Brettell, Caroline (1988), "Emigration and household structure in a Nortwestern Portuguese parish 1850-1920", Journal of Family History(13), pp. 33-58.

Brettell, Caroline (1990), "Leaving, remaining, and returning: some thoughts on the multifaced Portuguese migratory system", em David Higgs (org.), Portuguese Migration in Global Perspective, Toronto, The Multicultural History Society of Ontario, pp. 61-80.

Brettell, Caroline (1993), "The emigrant, the nation and the state in nineteenth- and twentieth-century", Portuguese Studies Review(2), pp. 51-65.

Brettell, Caroline (1994), "O emigrante, a nação e o Estado nos séculos XIX e XX em Portugal: uma abordagem antropológica", em Caroline Brettell (org.), Portugal: o Índividuo e o Estado Lisboa, Fragmentos, pp. 63-81.

Brettell, Caroline (1996), We Have Cried Many Tears. The Stories of Three Portuguese Migrant Women (1982 ed.), Cambridge, Schenkman Publishing Co.

Brettell, Caroline (1996), "Women are migrants too: a Portuguese perspective", em George Gmelch, e Walter Zenner (orgs.), Urban Life. Readings in Urban Anthropology, Long Grove, Waveland Press, pp. 245-258.

Brettell, Caroline (1997), "Returning with the emigrants: a journey in Portuguese ethnography", em Susan Parman (org.), Europe in the Anthropological Imagination, Prentice-Hall, pp. 80-93.

Brettell, Caroline (2003), Anthropology and Migration: Essays on Transnationalism, Ethnicity and Identity, Altamire Press.

Brettell, Caroline, e Victor M. P. Rosa (1984), "Immigration and the Portuguese family: a comparison between two receiving societies", em Thomas Bruneau, e outros (orgs.), Portugal in Development. Emigration, Industrialization and the European Community, Ottawa, University of Ottawa Press, pp. 83-110.

Brettell, Caroline B. (1991), Homens que Partem, Mulheres que Esperam - Consequências da Emigração numa Freguesia Minhota, Lisboa, D. Quixote.

Brilhante, Miguel (2000), As Representações Sociais do Repatriado, Lisboa, Salamandra.

Cabral, Alcinda (2003), "Profils de jeunes d'ascendance portugaise de retour au Portugal: expression linguistique et hétéro-image", Recherches en Anthropologie au Portugal(9), pp. 79-85.

Cabral, A. M. Pires de (1985), A Emigração na Literatura Portuguesa. Uma Colectânea de Textos, Secretaria de Estado da Emigração.

Caeiro, Domingos José Alves (2003), E aos Centos, em Multidão... Com os Olhos Postos numa Felicidade (a Visibilidade da Emigração na Imprensa, 1890-1920), Universidade Aberta, Lisboa (Tese de Doutoramento).

Callier-Boisvert , Colette (2004), Soajo. Entre Migrações e Memória. Estudos sobre uma sociedade agro-pastoril de identidade renovada Arcos de Valdevez, Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.

Capo, Jasna, e João Leal (2005), "Introductory note", Nar. Umjet (Croatian Journal of Ethnology and Folklore Research), 42 (1), pp. 7-8.

Carrizo, Silvina (2008), "Pensar uma América Portuguesa", em Alejandra Mailhe, e Emir Reitano (orgs.), Pensar Portugal. Reflexiones Sobre el Legado histórico y Cultural del Mundo Luso en Sudamérica, La Plata, Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación, pp. 317-329.

Castelo, Cláudia (1998), O Modo Português de Estar no Mundo, o Luso-tropicalismo e a Ideologia Colonial Portuguesa (1933-1961), Porto, Afrontamento.

Castelo, Cláudia (2009), "Migração ultramarina: contradições e constrangimentos", Ler História, especial Emigração/Imigração (56), pp. 69-82.

Castro, Alexandra (1998), "As construções dos emigrantes e a legitimidade de uma estética singular", Sociedade e Território(25/26), pp. 80-88.

Castro, Joaquim Filipe Peres de (2008), Os efeitos do vaivém da emigração continental: um estudo de caso em Melgaço, Universidade Fernando Pessoa, Porto (tese de mestrado).

Castro, Joaquim Filipe Peres de, e Abel Marques (2003), Emigração & Contrabando, Melgaço, Centro Desportivo e Cultural de São Paio.

Cepeda, Francisco (1991), "O regresso dos emigrantes ao Nordeste interior português e o seu contributo para o desenvolvimento da região", Brigantia, XI (1 e 2), pp. 3-32.

Cepeda, Francisco (1993), "O Nordeste interior português e a emigração", Brigantia, XIII (1 e 2), pp. 191-209.

Cepeda, Francisco Terroso (1989), Emigração, Regresso e Desenvolvimento no Nordeste Interior Português, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Vila Real (Tese de Doutoramento).

Cepeda, Francisco Terroso (1995), Emigração Portuguesa. Um Fenómeno Estrutural, Bragança, Instituto Politécnico de Bragança.

César, Ana Cristina Borges Pereira (1996), A casa do emigrante português: caracterização arquitectónica e sua contextualização, FEUP – Universidade do Porto, Porto (tese de mestrado).

Chaney, Rick Lamont (1984), The Economics of One Hundred Years of Emigration and Remittances in Portugal, University of Illinois at Urbana-Champaign (tese de doutoramento).

Cirino, Sílvia Fernandes Ribau (2008), Turismo e Migrações. Impacto das Visitas a Portugal dos Emigrantes Universidade de Aveiro, Aveiro (tese de mestrado).

Cónim, Custódio (1983-1984), "Emigrantes portugueses: o regresso, 1960-1981", Revista do Centro de Estudos Demográficos(26), pp. 73-126.

Cordeiro, Albano (1989), "La communauté Portugaise à l'heure de l'Europe de 1993", Migrations Formation(76), pp. 100-110.

Cordeiro, Albano (1992), ""Foi ou "saudade"? Portugais et religion", Accueillir(182), pp. 21-23.

Cordeiro, Albano (2000), "Les Portugais résidents à l'étranger. Porquoi ne vontent-ils pas?", Latitudes(10), pp. 9-14.

Cordeiro, Albano (2002), "Le va-vient des Portugais en Europe", Projet(272), pp. 63-38.

Cordeiro, Albano (2010), "Portugal, l’émigration vers l’Europe ou l’européanisation par le bas", Grande Europe(17), pp. 19-26.

Cosme, João (2004), "A emigração dos naturais da periferia açoriana vista através das cartas de familiares do Santo Ofício", em Núcleo Cultural da Horta (org.), O Faial e a Periferia Açoriana nos Séculos XV a XX – Actas do II Colóquio, Núcleo Central da Horta, pp. 53-64.

Costa, Affonso (1911), Estudos de Economia Nacional. O Problema da Emigração, Lisboa, Imprensa nacional.

Cunha, Carmen Alice Aguiar de Morais Sarmento (2008), "Um exercício de cruzamento de fontes: identificação de uma família emigrante do Concelho de Guimarães", em Maria Izilda Matos, Fernando de Sousa, e Alexandre Hecker (orgs.), Deslocamentos e História. Os Portugueses, Bauru-SP, EDUSC, pp. 87-99.

Cunha, Manuel Antunes da (2003), "Quand le public prend la parole: l'émission des Portugais (1966-1992)", Médiamorphoses(7), pp. 98-103.

Cunha, Manuel Antunes da (2008), """Quem passar por aqui leva Portugal no Coração" A transnacionalização da televisão: o caso dos talks-shows", OBS* – Revista do Observatório da Comunicação(7), pp. 274-296.

Delicado, Ana (2008), "Cientistas portugueses no estrangeiro: factores de mobilidade e relações de diáspora", Sociologia, Problemas e Práticas(58), pp. 109-129.

Dias, Eduardo Mayone (1989), Falares Emigrezes. Uma abordagem ao seu Estudo, Lisboa, ICALP.

Dias, Eduardo Mayone (1993), Escritas de Além-Atlântico, Lisboa, Salamandra.

Dias, Manuel (1986), Emigração. Histórias para a História Lisboa, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.

Diogo, Helder (2003), "Le Portugal, pays relais de la migration en Europe", Revue Migrations et Etudes(116), pp. 1-16.

Diogo, Helder (2012), "Territórios e paisagens culturais na emigração lusa", Revista de Geografia e Ordenamento do Território(1), pp. 41-58.

Doel, Priscilla A. (2000), "The White Fleet and the Iconography of Control", em Carlos Teixeira, e Victor M. P. da Rosa (orgs.), The Portuguese in Canada, Toronto, University of Toronto Press, pp. 37-52.

Drain, Michel (1991), "Recensão – Michel Poinard, Les Portugais dans l'émigration: une géographie de l'absence", Recherches en anthropologie au Portugal, 3 (1), pp. 92-95.

Dutra, Ramiro (1983), "O emigrante como factor de progresso", Comunicação apresentada no Portugueses na América do Norte, Universidade da Califórnia, Peregrinação.

Conselho Regional das Comunidades Portuguesas na Europa (2005), Fluxo Migratório Português na Europa, Lisboa.

Fagundes, Francisco Cota (2011), "Stories of forgotten "Gees": William S. Birge's Senhor Antone: a tale of the Portuguese colony", em Francisco Cota Fagundes, Irene Maria F. Blayer, Teresa F. A. Alves, e Teresa Cid (orgs.), Narrating the Portuguese Diaspora. Piecing things together, Nova Iorque, Peter Lang Publishing, pp. 19-34.

Feldman-Bianco, Bela (1995), "A criaçâo de uma naçâo (portuguesa) desterritorializada e a transnacionalizaçâo de familias ", Cadernos CERU(6), pp. 89-104.

Fernandes, Ferreira (2004), Madeirenses Errantes, Lisboa, Dom Quixote.

Ferreira, Alexandra Corina da Silva (2009), A Emigração Portuguesa e as Políticas Migratórias Europeias, Universidade de Aveiro, Aveiro (tese de mestrado).

Ferreira, Eduardo Sousa (1976), Origens e Formas da Emigração, Lisboa, Iniciativas Editoriais.

Ferreira, Manuel Enes (2001), "Emigração portuguesa para África: residual e concentrada", Janus, pp. 154-155.

Freire, Rubens, e Náyade Anido (1977), "Análise de alguns ciclos emigratórios da emigração portuguesa", Análise Social, XIII (50), pp. 451-459.

Gago, Dora Nunes (2012), "Escre(vi)ver a diáspora: retratos da emigração em Ferreira de Castro e José Rodrigues Miguéis", Interdisciplinary Journal of Portuguese Diaspora Studies, 1, pp. 101-122.

Garcia, José Luís, e Diana Brito Nunes (2000), Migrações e Relações Multiculturais, Oeiras, Celta.

Garcia, José Luís (org.) (1998), Emigração Portuguesa. Uma Breve Introdução, Lisboa, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.

Garcia, José Luís (org.) (2000), Portugal Migrante. Emigrantes e Imigrados.Dois Estudos Introdutórios. (José Luís Garcia ed.), Oeiras, Celta.

Godinho, Vitorino Magalhães Godinho (1978), "L'emigration portugaise (XV-XX Siécles): une constante structurale et les réponses aux changements du monde", Revista de História Económica e Social, I, pp. 5-32.

Goldey, P. (1981), "Emigração e estrutura familiar. Estudo de um caso no Minho", Estudos Contemporâneos(2-3), pp. 118-128.

Goldey, Patrícia (1982), "Emigrantes e camponeses: uma análise da literatura sociológica", Análise Social, XVIII (71), pp. 533-553.

Goldey, Patricia (1983), "Migração e relações de produção: a terra e o trabalho numa aldeia do Minho: 1876-1976", Análise Social, XIX (77-78-79), pp. 995-1023.

Gonçalves, Albertino (1987), "O Presente Ausente: o emigrante na sociedade de origem", Cadernos do Noroeste, I/II, pp. 7-30.

Gonçalves, Albertino (1989), "O Presente Ausente II: vias e desvios na intelecção da emigração e da sociedade portuguesa", Cadernos do Noroeste, 112/3, pp. 125-153.

Gonçalves, Albertino (1994), A Definição Social dos Emigrantes no Noroeste de Portugal. Imagens e Clivagens, Universidade do Minho, Braga (tese de doutoramento).

Gonçalves, Albertino (1995), "Uns e outros: a classificação social dos emigrantes no noroeste de Portugal", Cadernos do Noroeste, VIII (2), pp. 153-163.

Gonçalves, Albertino (1996), Imagens e Clivagens. Os Emigrantes face aos Residentes, Porto, Afrontamento.

Gonçalves, Albertino (2001), "Atitudes e representações dos residentes face aos emigrantes", Janus, pp.

Gonçalves, Maria Ortelinda Barros (2007), Desenvolvimento em Meio Rural. Contributos da Emigração e do Regresso. Aplicação ao Concelho de Boticas na Região Barrosã, Universidade Aberta, Lisboa (Tese de Doutoramento).

Gonçalves, Maria Ortelinda Barros (2009), Migrações e Desenvolvimento, Porto, Fronteira do Caos.

Graham, Helen (1990), "Money and migration in modern Portugal: an economist's view", em David Higgs (org.), Portuguese Migration in Global Perspective, Toronto, The Multicultural History Society of Ontario, pp. 81-96.

Guerreiro, José (1981), "Análise tendencial da emigração portuguesa nos últimos anos", Revista de História Económica e Social, pp. 31-69.

Gupta, Pamila (no prelo), "Decolonization and (Dis)Possession in Lusophone Africa", em Joel Quirk, e Darshan Visnegawaran (orgs.), Theorizing the State in Africa, University of Pennsylvania Press.

Harder, Ronald James (1989), Between Two Worlds – A Case Study in Capitalism and Migration in the Central Azores, University of Florida (tese de doutoramento).

Harney, Robert F. (1990), ""Portygees and Other Caucasians". Portuguese and the racialism of the English-speaking world", em David Higgs (org.), Portuguese Migration in Global Perspective, Toronto, The Multicultural History Society of Ontario, pp. 113-135.

Higgs, David (1990), "Introduction", em David Higgs (org.), Portuguese Migration in Global perspective, Toronto, The Multicultural History Society of Ontario, pp. 1-3.

Higgs, David (1990), "Portuguese migration before 1800", em David Higgs (org.), Portuguese Migration in Global Perspective, Toronto, The Multicultural History Society of Ontario, pp. 7-28.

Klimt, Andrea (2000), "Enacting national selves. Authenticity, adventure and disaffection in the Portuguese diaspora", Identities, 6 (4), pp. 513-550.

Klimt, Andrea (2000), "European spaces. Portuguese migrant's notions of home and belonging", Diaspora, 9 (2), pp. 259-285.

Klimt, Andrea (2002), "Investigating Portugueseness: reflections on recent ethnographic approaches", Diaspora: A Journal of Transnational Studies, 11 (2), pp. 277-293.

Klimt, Andrea, e Stephen Lubkemann (2002), "Argument across the Portuguese-speaking world: a discursive approach to diaspora", Diaspora: A Journal of Transnational Studies, 11 (2), pp. 145-162.

Leal, João (1996), "Festa e emigração numa freguesia açoriana", em F.O. Baptista, J.P. Brito, e B. Pereira (orgs.), O Voo do Arado, Lisboa, Museu de Etnologia, pp. 582-589.

Leal, João (2000), "Traditions locales et émigration: les fêtes du Saint-Esprit aux Açores", Ethnologie Française XXX (1), pp. 51-60.

Leal, João (2005), "Travelling rituals: Azorean holy ghost festivals in the United States", Nar. Umjet. (Croatian Journal of Ethnology and Folklore Research), 42 (1), pp. 101-124.

Leal, João, e Aníbal Frias (2003), "Deuxième génération: visibilité et invisibilité", Recherches en Anthropologie au Portugal(9), pp. 161-174.

Leeds, Anthony (1983), "Agricultura, política nacional, subdesenvolvimento e migração em três regiões", Análise Social, XIX (77-78-79), pp. 1023-1043.

Leite, Carolina (1989), "Casa de emigrantes: gosto de alguns, desgosto de muitos", Sociedade e Território(8), pp. 67-71.

Leite, Carolina (1998), Eva, Depois do Paraíso. Modos de Habitar e Identidade no Percurso Migratório, Universidade do Minho, Braga (Tese de doutoramento).

Leite, Joaquim da Costa (1987), "Emigração portuguesa: a lei e os números (1855-1914)", Análise Social, XXIII (97), pp. 463-480.

Leite, Joaquim da Costa (1993), "Informação ou propaganda? Parentes, amigos e engajadores na emigração oitocentista", em Nizza da Silva, Ioannis Baganha, Maria José Maranhão, e Míriam Halpern Pereira (orgs.), Emigração/imigração em Portugal. Actas do Colóquio Internacional sobre Emigração e Imigração em Portugal (séculos XIX e XX), Lisboa, Fragmentos.

Leite, Joaquim da Costa (1994), Portugal and Emigration, 1855-1914, Columbia University (tese de doutoramento).

Leite, Joaquim da Costa (1996), "Os negócios da emigração (1870-1914)", Análise Social, XXXI (136-137), pp. 381-396.

Lopes, Policarpo (1997), "Emigração e Comunidades Portuguesas no Estrangeiro", Janus, pp.

Lopo, José Joaquim Pinto Coelho Elvas (1996), Emigrantes de Santa Maria da Feira: balanço de uma década, 1952-1962, Universidade Portucalente Infante D. Henrique, Porto (Tese de mestrado).

Lourenço, Eduardo (1988), "Emigração e identidade, educação e tecnologia", Revista do Instituto Politécnico da Guarda(2), pp. 7-21.

Lourenço, Vitória V.L. (1996), Regime Fiscal Aplicável aos Emigrantes Portugueses Residentes em Países da União Europeia e Países Terceiros, Braga, Domingos Marques.

Madeira, Artur Boavida (2004), "A emigração a partir da ilha Terceira nos finais do século XIX", em Núcleo Cultural da Horta (org.), O Faial e a Periferia Açoriana nos Séculos XV a XX – Actas do II Colóquio, Núcleo Cultural da Horta, pp. 295-322.

Madeira, Artur Boavida, e Octávio H. Ribeiro de Medeiros (2004), "Imigração e regresso: o caso dos concelhos de Nordeste e Povoação (S. Miguel-Açores)", Portuguese Studies Review, 11 (2), pp. 205-232.

Maia, Fernanda Paula Sousa (2007), "A emigração para o Brasil no discurso parlamentar oitocentista", População e Sociedade(14), pp. 51-68.

Malheiros, Jorge (2010), "Portugal 2010: o regresso do país de emigração? Notas e reflexões", Janus.net – e-journal of International Relations, 2 (1), pp. 133-142.

Marques, José Alexandre Cardoso (2003), Imagens de Uma Realidade que Não se Escreve. Braços e Mãos para Alugar, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

Marques, José Carlos (2009), "«E continuam a partir»: as migrações portuguesas contemporâneas", Ler História, especial Emigração/Imigração (56), pp. 27-44.

Marques, José Carlos, e Pedro Góis (2012), "A evolução do sistema migratório lusófono. Uma análise a partir da imigração e emigração portuguesa", Revista Internacional em Língua Portuguesa - Migrações(24), pp. 213-232.

Martins, Fernando Ribeiro (2003), "O regresso de emigrantes portugueses ao Pinhal Interior Sul, entre 1974 e 2001", GeoINova(8), pp. 133-163.

Martins, Fernando Ribeiro (2004), Pinhal Interior Sul e o Regresso de Emigrantes (1975-2001), Universidade Nova de Lisboa, Lisboa (tese de doutoramento).

Martins, José Nunes (1986), "Emigrantes, retornados, regressados e mudança numa comunidade da Beira-Interior", Povos e Culturas(1), pp.

Martins, Maria da Graça Lopes Fernandes (1999), "A emigração do distrito de Bragança e a imprensa nacional no limiar do séc. XX", População e Sociedade(5), pp. 121-166.

Martins, Oliveira (1994), Fomento Rural e Emigração, Lisboa, Guimarães.

Medeiros, Octávio H. Ribeiro de, e A.B. Madeira (2003), Emigração e Regresso no Concelho da Povoação Ponta Delgada, Centro de Estudos Sociais da Universidade dos Açores.

Melo, Daniel, e Eduardo Caetano da Silva (2009), "Associativismo, emigração e nação: o caso português", em Daniel Melo, e Eduardo Caetano da Silva (orgs.), Construção da Nação e Associativismo na Emigração Portuguesa, Lisboa, Imprensa de Ciências Sociais.

Melo, Daniel, e Eduardo Caetano da Silva (2009), "Introdução", em Daniel Melo, e Eduardo Caetano da Silva (orgs.), Construção da Nação e Associativismo na Emigração Portuguesa, Lisboa, Imprensa de Ciências Sociais.

Mendelle, Noémie (2003), "Mémoires de femmes migrantes: «Solange... com saudades»", Recherches en Anthropologie au Portugal(9), pp. 87-89.

Mendes, Ana Paula Coutinho (2007), "The turn and the voice of the diaspora daughters: memory(ies) and literary creation", Gávea-Brown - A Bilingual Journal of Portuguese-American Letters and Studies, XXVIII-XXIX, pp. 45-56.

Mendes, Ana Paula Coutinho (2009), Lentes Bifocais. Representações da Diáspora Portuguesa do Século XX, Porto, Edições Afrontamento.

Mendes, José Amado M. (1988), "A emigração portuguesa, nas ópticas de Alexandre Herculano, Oliveira Martins e Afonso Costa", Revista Portuguesa de Historia(XXIV), pp. 293-308.

Micaelo, Ana Luísa Martins (2008), Identidade, Território e Práticas Familiares. A Relação com a Terra e a Emigração em Sever do Vouga, Universidade de Lisboa - ICS, Lisboa (Tese de mestrado).

Miranda, Sacuntala (1999), A Emigração Portuguesa e o Atlântico, 1870-1930, Lisboa, Salamandra.

Monteiro, Isilda Braga da Costa (2007), "A emigração para o Brasil e a fuga ao recrutamento militar: uma questão em debate na segunda metade do século XIX", População e Sociedade(15), pp. 99-114.

Monteiro, Miguel, e Maria Beatriz Rocha-Trindade (2007), "Emigração e retorno: imagens cruzadas num webmuseu e o papel da tecnociência no caso www.museu-emigrantes.org", População e Sociedade(15), pp. 151-162.

Monteiro, Paulo Filipe (1985), Terra que já foi Terra. Análise Sociológica de Nove Lugares da Serra da Lousã, Lisboa, Salamandra.

Monteiro, Paulo Filipe (1985), "Young people and the aging of remote rural areas", em Franz Pavelka, e Michel Stefanov (orgs.), Rural Youth. Yesterday, Today, Tomorrow, Sofia, International Sociological Association/European Centre for Social Welfare Training and Research/Institute of Youth Studies.

Monteiro, Paulo Filipe (1986), "Deixar ou não o meio rural: notícia e comentário", Revista Crítica de Ciências Sociais(21), pp.

Monteiro, Paulo Filipe (1988), "Chez eux, chez nous", em Antoine Lion, e Pedro de Meca (orgs.), Culture et Pauvretés.

Monteiro, Paulo Filipe (1994), Emigração. O eterno mito do retorno, Oeiras, Celta.

Morais, Paulo (2003), Porto de Partida, Porto de Chegada. A Emigração Portuguesa, Lisboa, Âncora.

Moreira, Maria João Guardado (2010), "Quem são os portugueses em Espanha", População e Sociedade(18), pp. 161-175.

Moutinho, Mário C. (1989), "A arquitectura das casas dos emigrantes na area de influência do Museu Etnológico de Monte Redondo de Leiria. Informaçâo preliminar ", Sociedade e Território(8), pp. 79.

Mullet, E., e F. Neto (1991), "Migratory plans of Portuguese adolescents", International Journal for the Advancement of Counseling(4), pp. 41-50.

Murteira, Mário (1965), "Emigração e política de emprego em Portugal", Análise Social, pp. 258-278.

Nazareth, J. Manuel (1976), "O efeito da emigração na estrutura de idades da população portuguesa", Análise Social, XII (46), pp. 315-362.

Neto, Félix (1980), Le Retour des Migrants Portugais. Contribution à l'Étiologie du Retour au Pays Natal, Paris V- Ècole des Hautes ètudes en Sciences Sociales, Paris (tese de doutoramento).

Neto, F. (1984), A Migração Portuguesa Vivida e Representada. Contribuição para o Estudo dos Projectos Migratórios, Universidade do Porto, Porto (Tese de Doutoramento).

Neto, Félix (1986), A migração portuguesa vivida e representada. Contribuição para o estudo dos projectos migratórios, Porto, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.

Neto, Félix (1987), "Migração portuguesa: informação e atitude, elementos constitutivos das representações juvenis ", Cadernos de Ciências Sociais(5), pp. 3-33.

Neto, F. (1990), Contribuições da Investigação em Psicologia para a Compreensão do Ffenómeno Migratório Português, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, Coimbra (Lição de Agregação).

Neto, Félix (1993), "Conhecimento dos estereótipos sexuais em filhos de ex-migrantes portugueses regressados a Portugal", Revista Portuguesa de Psicologia(29), pp. 65-79.

Neto, Félix (1993), Psicologia da Migração Portuguesa, Lisboa, Universidade Aberta.

Neto, F. (1997), "Gender stereotyping in Portuguese children living in Portugal and abroad: effects of migration, age and gender", International Journal of Behavioral Development, 20 (2), pp. 219-229.

Neto, Félix (2010), "Re-acculturation attitudes among adolescents from returned Portuguese immigrant families", International Journal of Intercultural Relations, 34 (3), pp. 221-232.

Neto, Félix (2010), "Re-acculturation attitudes among adolescents from returned Portuguese immigrant families", International Journal of Intercultural Relation, 34 (3), pp. 221-232.

Neto, F., e E. Mullet (1982), "Résultats d'une enquête sur les conditions de vie des migrants Portugais", L'Orientation Scolaire et Professionnelle, 11 (4), pp. 335-368.

Neto, F., e E. Mullet (1998), "Tomada de decisão de migrar entre os adolescentes portugueses: uma ilustração da complementaridade de abordagens econométricas e psicológicas para o estudo de fenómenos sociais", Psicologia, Educação e Cultura, II (1), pp. 331-343.

Neto, F., e C. Silva (1995), "Intention of emigrating among Portuguese adolescents: a study of associations", Migration: A European Journal of International Migration and Ethnic Relations, 25, pp. 51-78.

Neto, Félix Fernando Monteiro (1985), A Migração Portuguesa Vivida e Representada. Contribuição para o Estudo dos Projectos Migratórios, Universidade do Porto, Porto (Tese de Doutoramento).

Newitt, M. (1981), Portugal in Africa. The Last Hundred Years, Londres, C. Hurst & Co.

Noivo, Edite (2002), "Towards a cartography of Portugueseness: challenging the hegemonic center", Diaspora: A Journal of Transnational Studies, 11 (2), pp. 255-275.

Nolasco, Carlos (2010), "Migrantes de calções e chuteiras: dinâmicas migratórias do futebol português", O Cabo dos Trabalhos: Revista Electrónica dos Programas de Mestrado e Doutoramento do CES/ FEUC/ FLUC(4), pp.

Oliveira, Isabel Tiago de (1999), "A Ilha da Madeira: transição demográfica e emigração", População e Sociedade(5), pp. 25-59.

Oliveira, Isabel Tiago de (2007), "Emigração, retorno e reemigração na primeira metade do século XX", Análise Social, XLII (184), pp. 837-852.

Oliveira, Manuel Armando (1996), Mito e Realidade na Emigração Açoreana. O Caso de Uma Aldeia da Ilha do Pico, Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa (Tese de Doutoramento).

Olivier-Ziglioli, Marie (2009), Mensonge & Abandon, Nice, Editions Pietra Liuzzo.

Oriol, Michel (2004), "Éditorial: Vingt ans après: la « portugalité » introuvable", Cahiers de l'URMIS(9), pp. 11-13.

Patacão, Helena (2001), "Impactes económicos da emigração portuguesa", Janus, pp.

Peixoto, João (1993), "A emigração portuguesa a partir de 1980", em Nizza da Silva, Ioannis Baganha, Maria José Maranhão, e Míriam Halpern Pereira (orgs.), Emigração/imigração em Portugal. Actas do Colóquio Internacional sobre Emigração e Imigração em Portugal (séculos XIX e XX), Lisboa, Fragmentos, pp. 273-307.

Peixoto, João (1993), "A emigração portuguesa a partir de 1980: factos estatísticos e modalidades de evolução", Estudos Demográficos(31), pp. 35-74.

Peixoto, João (1993), "Migrações e mobilidade: as novas formas da emigração portuguesa a partir de 1980", em Nizza da Silva, Ioannis Baganha, Maria José Maranhão, e Míriam Halpern Pereira (orgs.), Emigração/imigração em Portugal. Actas do Colóquio Internacional sobre Emigração e Imigração em Portugal (séculos XIX e XX), Lisboa, Fragmentos.

Peixoto, João (2004), "Dinâmicas e regimes migratórios: o caso das migrações internacionais em Portugal", Análise Social, XLII (183), pp. 445-469.

Peixoto, João, (2004), País de emigração ou país de imigração? Mudança e continuidade no regime migratório em Portugal – Working Paper nº 2/2004. Socius – Centro de Investigação em Sociologia Económica e das Organizações, Disponível em: http://pascal.iseg.utl.pt/~socius/publicacoes/wp/wp200402.pdf [2009, 08 de Setembro].

Pereira, Ana Patrícia Faria (2007), Leitores de Língua e Cultura Portuguesas no Estrangeiro: Experiências de Leitorado e Percursos Profissionais, FCSH-UNL, Lisboa (tese de mestrado).

Pereira, Gil (1964), O Distrito do Porto e a Emigração, Lisboa, [s.n.].

Pereira, Míriam Halpern (2007), "A emigração portuguesa para o Brasil e a geo-estratégia do desenvolvimento euro-americano", População e Sociedade(14), pp. 41-50.

Pereira, Miriam Halpern Pereira (1990), "Algumas observações complementares sobre a política de emigração portuguesa", Análise Social, XXV (108-109), pp. 735-739.

Pereira, Victor (2004), "La politique d’émigration de l’Estado Novo entre 1958 et 1974", Cahiers de l'URMIS(9), pp. 15-33.

Pereira, Victor (2006), "Emigration, résistance et démocratisation. L'émigration portugaise au crépuscule de l'Estado Novo", Mélanges de la Casa de Velázquez, 37 (1), pp. 219-240.

Pereira, Victor (2007), "La péninsule Ibérique et l'Europe: migrations et démocratisation", em Nicolas Beaupré, e Caroline Moine (orgs.), L'Europe de Versailles á Maastricht. Visions, moments et acteurs des projets européens, Paris, Seli Arslan, pp. 203-216.

Pereira, Victor (2007), "L'exportation de la peur", Latitudes(31), pp. 18-22.

Pereira, Victor (2008), "Ei-los que partem", Os Anos de Salazar(21), pp. 7-27.

Pereira, Victor (2009), "Emigração e desenvolvimento da previdência social em Portugal", Análise Social, XLIV (192), pp. 471-510.

Pereira, Victor (2010), "Do povo à comunidade. Os emigrantes no imaginário português", em José Neves (org.), Como se Faz um Povo, Lisboa, TInta da China, pp. 139-152.

Pereira, Victor (2010), "Ni héros ni escrocs: les passeurs portugais (1957-1974)", Plein Droit(84), pp. 12-17.

Pereira, Victor (2010), "Une passion portugaise", em Claude Boli, Ivan Gastaut, e Fabrice Grognet (orgs.), Allez la France! Football et Immigration, Histoires Croisées, Paris, Gallimard/Cité National de l’Histoire de l’Immigration/Musée National du Sport, pp. 50-53.

Piloto, Maria Adelina Azevedo, e António Monteiro dos Santos (2007), "A emigração de Vila do Conde para o Brasil (1865-1875)", População e Sociedade(15), pp. 85-98.

Pimentel, Dulce (2003), "Portugal ainda é cais de partida: alguns dados da emigração no período 1992-2003", GeoINova(8), pp. 207-211.

Pinheiro, Nuno (2009), "«Maria... e se eu voltar rico?»", em José Vicente Serrão, Magda de Avelar Pinheiro, e Maria de Fátima Sá e Melo Ferreira (orgs.), Desenvolvimento Económico e Mudança Social. Portugal nos Últimos Dois Séculos. Homenagem a Míriam Halpern Pereira, Lisboa, ICS – Imprensa de Ciências Sociais, pp. 435-448.

Pires, Rui Pena (2003), Migrações e Integração. Teoria e aplicações à Sociedade Portuguesa, Lisboa, Celta.

Pires, Rui Pena (coord.), Fernando Luís Machado, João Peixoto, e Maria João Vaz (2010), Portugal. Atlas das Migrações Internacionais, Lisboa, Tinta da China e Gulbenkian.

Poinard, Michel (1983), "Emigrantes portugueses: o regresso", Análise Social, XIX (75), pp. 29-56.

Poinard, Michel (1988), "La politique d'un pays d'origine: le Portugal", Revue européenne de Migrations Internationales, 4 (1 e 2), pp. 187-202.

Portela, José, e Sílvia Nobre (2001), "Entre Pinela e Paris: emigração e regressos", Análise Social, XXXVI (161), pp. 1105-1146.

Portuguesas, Secretaria de Estado da Emigração e Comunidades (1985), A Emigração Portuguesa. Dados Estatísticos Retrospectivos, 1960-1984 Lisboa, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.

Portuguesas, Secretaria de Estado das Comunidades (1988), A Emigração Portuguesa. Dados Estatísticos Retrospectivos 1966-1987 Lisboa, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas.

Queirós, João (2010), "Recent economic performance and changing configurations of workforce mobility in Northwest Portugal: social consequences of unemployment and the rise of youth emigration", em David Cairns (org.), Youthe on the Move: European Youth and Geographical Mobility, Wiesbaden, VS Verlag, pp. 95-106.

Queirós, João, e José Madureira Pinto (orgs.) (2010), Ir e Voltar. Sociologia de Uma Colectividade Local do Noroeste Português (1977-2007) (Vol. I: Estratégia Observacional e Análise da Economia, Migrações e Relação com a Escola), Porto, Afrontamento.

Ramalho, José Pereirinha (2003), Desenvolvimento da Autonomia e da Identidade nos Jovens Portugueses com Experiência Migratória, Lisboa, Fundação Gulbenkian e Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

Reis, Carlos Amado (1991), 10 Anos de realização do inquérito de fronteira a residentes no estrangeiro: síntese de resultados para o período 1979/88, Lisboa, Secretaria de Estado do Turismo.

Reis, Fernando José Egídio (2007), Os Períódicos Portugueses de Emigração (1808-1822), Universidade Nova de Lisboa, Lisboa (tese de doutoramento).

Ribeiro, F.G. Cassola (1986), Emigração Portuguesa. Algumas Características Dominantes dos Movimentos no Período de 1950 a 1984, Porto, Secretaria de Estado das Comunidades/Centro de Estudos.

Ribeiro, F.G. Cassola (1986), Emigração portuguesa. Aspectos Relevantes Relativos às Políticas Adoptadas no Domínio da Emigração portuguesa, desde a Última Guerra mundial. Contribuição para o seu estudo, Porto, Secretaria das Comunidades Portuguesas/Centro de Estudos.

Ribeiro, F.G. Cassola (1987), Emigração Portuguesa. Regulamentação Emigratória. Do Liberalismo ao Fim da Segunda Gerra Mundial, Porto, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas/Centro de Estudos.

Ribeiro, Gladys Sabina (2007), "O imigrante e a imigração portuguesa no acervo da justiça federal do Rio de Janeiro (1890-1930)", População e Sociedade(14), pp. 121-142.

Rocha, Gilberta Pavão Nunes (1988-89), "Emigração e população açoriana", Arquipélago(3-4), pp. 29-44.

Rocha, Gilberta Pavão Nunes (1995), "A emigração na Ilha do Faial nos finais do Séc. XIX ", em Núcleo Cultural da Horta (org.), O Faial e a Periferia Açoriana nos Séculos XV a XIX – Actas do I Colóquio, Núcleo Cultural da Horta, pp. 407-422.

Rocha, Gilberta Pavão Nunes (1997), "O impacto das migrações na população dos Açores na segunda metade do séc.XX", em Alberto Vieira (org.), Arte, Comércio, Demografia e Literatura – IV Colóquio Internacional de História das Ilhas Atlânticas, Vol. II, Funchal, Centro de Estudos de História do Atlântico, Secretaria Regional do Turismo e Cultura.

Rocha, Gilberta Pavão Nunes (2001), "A emigração nos Açores nos séculos XIX e XX - a necessidade, a solução, a valorização", em Avelino Meneses (org.), Portos, Escalas e Ilhéus no Relacionamento entre o Ocidente e o Oriente, Actas do Congresso Internacional Comemorativo do Regresso de Vasco da Gama a Portugal, s.l., Universidade dos Açores/Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses.

Rocha, Gilberta Pavão Nunes (2008), "The Azores and emigration: demographic evolution in the second half of the 20th Century", em Tony Goulart (org.), Capelinhos: A Volcano of Synergies: Azorean emigration to America, Portuguese Heritage Publications of California, pp. 321-326.

Rocha, Gilberta Pavão Nunes (2008), "Crescimento da população e os novos destinos da Emigração - 1895-1976", em, História dos Açores, Vol. II, Instituto Açoriano de Cultura, pp. 263-305.

Rocha, Gilberta Pavão Nunes, e Eduardo Ferreira (2008), "População e circulação de pessoas", em Teodoro de Matos, José Guilhereme Reis, e Avelino Meneses (orgs.), História dos Açores, Vol. II, Angra do Heroísmo, Instituto Açoriano de Cultura, pp. 581-610.

Rocha, Gilberta Pavão Nunes, e Eduardo Ferreira (2009), "Azorean emigration in the context of social change: some notes from the press in São Miguel (1920-1950)", e-Journal of Portuguese History, 7 (2), pp.

Rocha, Gilberta Pavão Nunes, e Eduardo Ferreira (2010), "Territórios e dinâmicas migratórias nos Açores", Cidades - Comunidades e Territórios(20-21), pp. 97-110.

Rocha, Gilberta Pavão Nunes, Octávio H. Ribeiro de Medeiros, Eduardo Ferreira, e Derrick Mendes (2011), Entre Dois Mundos. Emigração e Regresso aos Açores, Ponta Delgada, Governo dos Açores.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1973), "Queiriga, uma comunidade em face da emigração", Comunidades Portuguesas(33), pp. 47-51.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1973), "Sobrevivência e progresso de uma aldeia despovoada", Geographica(35), pp. 4-23.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1975), "Portuguese rural migrants in industrialized Europe", Iberian Studies, IV (1), pp. 9-14.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1977), "Structure sociale et familiale d'origine das l'emigation au Portugal", Ethnologie Française, 7 (3), pp. 277-286.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1979), "Família e emigração", Comunicação apresentada no Actas do I Encontro de Delegados dos Emigrantes do Nordeste, Lisboa, Obra Católica para as Migrações.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1982), "Aspectos humanos e culturais da emigração portuguesa", Nova Renascença(6), pp. 169-175.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1982), Da Emigração às Comunidades Portuguesas, Lisboa, Edições Conhecer.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1983), "O regresso imaginado", Nação e Defesa(28), pp. 87-97.

Rocha-Trindade, Maria Beatiz (1984), "La sociologie des migrations au Portugal", Current Sociology, 32 (2), pp. 175-198.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1984), "O regresso imaginado", Nação e Defesa(28), pp. 87-97.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1984), "Queiriga revisitada", Comunicação apresentada no Emigração e Retorno na Região Centro, Coimbra, Comissão de Coordenação da Região Centro.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1986), A Emigração, Lisboa, Centro de Estudos Judiciários.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1986), "Longitudinalmente diferente ou discurso polémico de luso-descendentes", Análise Social, XII (92-93), pp. 609-618.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1986), "Remigratório: migração e retorno", História(98), pp. 4-14.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1986), "Remigratorno", História(98), pp. 4-14.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1986), "Towards reintegration of emigrants", em Clausse Guy (org.), Closing the Migratory Cycle. The Case of Portugal, Saarbrucken, Verlag Breitenbach Publishers, pp. 183-194.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1987), "As micropátrias do interior português", Análise Social, XXIII (98), pp. 721-732.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1988), "Espaços de herança cultural portuguesa: gentes, factos, políticas", Análise Social, XXIV (100), pp. 313-351.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1989), "A presença dos ausentes", Sociedade e Território, Especial sobre emigração e retorno (8), pp. 8-16.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1990), "Migrações no quadro do Mercado Único Europeu", Análise Social, XXV (107), pp. 465-477.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1990), "Migrations et espaces de migrations", Sociétés(29), pp. 37-44.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1992), O Fenómeno da Emigração em Portugal, Lisboa, Instituto de Investigação Científica e Tecnológica.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1998), "Emigração portuguesa: os reflexos na origem ", em Vitor Wladimiro Ferreira (org.), Portugal 45-85, nas Artes, nas Letras e nas Ideias Lisboa, Centro Nacional de Cultura, pp. 287-307.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1998), "Experiências de livre circulação e de integração em Portugal e noutros estados de União Europeia: enquadramento", Comunicação apresentada no Seminário Nacional 30 Anos de Livre Circulação de Trabalhadores, Lisboa, Instituto de Estudos para o Desenvolvimento.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1998), Interculturalismo e Cidadania em Espaços Lusófonos. Curso de Verão sobre "Cidadania e Interculturalidade em Espaços Lusófonos". Arrábida 1996, Mem-Martins, Europa-América.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (1999), "Réseaux de transnationalité: le cas portugais", Ethnologie Française, 29 (2), pp. 255-262.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (2000), "The Portuguese Diaspora", em Carlos Teixeira, e Victor M. P. da Rosa (orgs.), The Portuguese in Canada, Toronto, University of Toronto Press, pp. 15-33.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (2001), "As políticas portuguesas para a emigração", Janus(2001), pp. 140-141.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (2010), "Associativismo em contexto migratório", Revista Migrações(6), pp. 39-58.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz (2011), "Emigration Observatory and Immigration Observatory – the use of ICT for a better knowledge of Portuguese migrations", AEMI Journal, 9, pp. 52-67.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz, e Jorge Arroteia (1984), Bibliografia da Emigração Portuguesa, Lisboa, Instituto de Português de Ensino à Distância.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz, Luís Vicente Baptista, Maria Luísa Sobral Mendes, e Vítor Duarte Teodoro (1988), População Escolar Directa e Indirectamente Ligada à Emigração, Lisboa, Projecto Universidade Aberta, Instituto de Apoio à Emigração e às Comunidades Portuguesas e Direcção-Geral do Ensino Básico e Secundário.

Rocha-Trindade, Maria Beatriz, Rui Jacinto, Ana Paula Cordeiro, e António Santos (1988), O Fenómeno Migratório na Região Centro. Regresso e Reinserção na Diocese de Coimbra, Coimbra, Comissão de Coordenação da Região Centro, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas e Caritas Diocesana de Coimbra.

Rodrigues, Henrique (2007), "A emigração de elites do noroeste de Portugal no século XIX", População e Sociedade(14), pp. 237-256.

Rodrigues, João Paulo Soares (2010), O Repatriamento nos Açores. Da Emigração à Reinserção, Universidade Aberta, Lisboa (tese de mestrado).

Rodrigues, Maria Aline (1987), Homenagem aos Pioneiros da Emigração Portuguesa para o Canadá, Residentes no Quebec, Porto, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas/Centro de Estudos.

Rosa, Victor M.P. da, e Salvato Trigo (1994), Azorean Emigration. A Preliminary Overview, Porto, Fernando Pessoa University Press.

Rosa, Victor Pereira e Trigo, Salvato (1990), Contribuição ao Estudo da Emigração nos Açores, Angra do Heroísmo, Gabinete de Emigração e Apoio às Comunidades Açorianas.

Rovisco, Maria Luís (2001), "Panorama histórico da emigração portuguesa", Janus(2001), pp. 138-139.

Rowland, Robert (2009), "Emigração e contexto", em José Vicente Serrão, Magda de Avelar Pinheiro, e Maria de Fátima Sá e Melo Ferreira (orgs.), Desenvolvimento Económico e Mudança Social. Portugal nos Últimos Dois Séculos. Homenagem a Míriam Halpern Pereira, Lisboa, ICS – Imprensa de Ciências Sociais, pp. 393-404.

Santos, Barreiros e (1987), O Fenómeno Migratório e a Saúde, Porto, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas/Centro de Estudos.

Santos, Irene Stridjhorst dos (2002), "Pratiques culturelles et circulation en Europe. Les lusodescendants", Revue de synthèse(5), pp. 167-192.

Santos, Irène Strijdhorst dos (2003), "Éditorial", Recherches en anthropologie au Portugal 9(9 Lusodescendance: représentations, pratiques et enjeux), pp. 9-10.

Santos, Maria Helena Carvalho dos (1978), Emigração. Uma constante da Emigração Portuguesa, Lisboa, Secretaria de Estado da Juventude e Desportos.

Santos, Paula Marques dos, e Jenifer Ferreira (2007), "A emigração do distrito de Viseu entre as duas guerras mundiais (1918-1940)", População e Sociedade(15), pp. 33-50.

Scherner, Leopoldo (1985), Literatura, Elemento de Integração, Porto, Secretaria de Estado da Emigração/Centro de Estudos.

SEDES (1974), Emigração e despovoamento, Lisboa, Moraes Editores.

Serra, Eduardo (1975), "O operário emigrante português na sociedade industrial capitalista", Análise Social(41), pp. 67-102.

Serrão, Joel (1970), "Conspecto histórico da emigração portuguesa", Análise Social, XVIII (32), pp. 597-617.

Serrão, Joel (1976), Testemunhos sobre a Emigração Portuguesa, Lisboa, Livros Horizonte.

Serrão, Joel (1985), "Notas sobre a emigração e mudança social no Portugal contemporâneo", Análise Social, XXI (87-88-89), pp. 995-1004.

Seruya, Luís Miguel (1982), "Determinantes e características da emigração portuguesa, 1960-1979", em Heing-Michael Stahl (org.), Perspectivas da Emigração Portuguesa para a CEE, 1980-1990, Lisboa, Moraes/Instituto de Estudos para o Desenvolvimento, pp. 37-64.

Silva, David J. (2011), "Language, networks and identiy in the Azorean Diaspora: one family's sociolinguistic profile", em Francisco Cota Fagundes, Irene Maria F. Blayer, Teresa F. A. Alves, e Teresa Cid (orgs.), Narrating the Portuguese Diaspora. Piecing things together, Nova Iorque, Peter Lang Publishing, pp. 187-204.

Silva, Jorge Manuel Bastos da (1999), "O 2º inquérito à emigração (Sociedade de Geografia de Lisboa, 1909-1915)", População e Sociedade(5), pp. 325-333.

Silva, Joaquim Palminha (1987), «Comunidades Portuguesas» e sua Imprensa, Porto, Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas – Centro de Estudos.

Silva, Manuela (1985), "O fenómeno do retorno na dinâmica do emprego e do desenvolvimento regional", Desenvolvimento(2), pp. 115-132.

Silva, Maria Beatriz Nizza da (1992), Documentos para a História da Emigração Portuguesa no Brasil (1850-1938), Rio de Janeiro, Nórdica.

Silva, Manuela e outros (1984), Retorno, Emigração e Desenvolvimento Regional em Portugal, Lisboa, Instituto de Estudos para o Desenvolvimento.

Silva, Susana Neves Tavares Bastos de Pinho (2007), O Emigrante Português em Três Romances de Aluísio Azevedo, FLUP – Universidade do Porto, Porto (tese de mestrado).

Silva, Susana Serpa (2004), "Emigração clandestina nas Ilhas do Grupo Central em meados do século XIX", em Núcleo Cultural da Horta (org.), O Faial e a Periferia Açoriana nos Séculos XV a XX – Actas do II Colóquio, Núcleo Cultural da Horta, pp. 275-294.

Soares, Anthony (2007), "The shifting perspectives of postcolonialism in a Lusophone world. The case of Portuguese emigration ", Bulletin of Hispanic Studies, 84 (5), pp. 661-673.

Soares, Manuel (1995), "A mulher - um pilar da emigração", Comunicação apresentada no Encontro Mundial de Mulheres Migrantes - Gerações em Diálogo, Espinho, 18-21 de Março.

Sousa, António Teixeira de (1965), A Emigração Madeirense, 1º Congresso das Comunidades Portuguesas, Lisboa, Tip. Alcobacense.

Souza, Clara de (1989), "«Habital»: mode d'expression et symbole social des émigrés portugais", Sociedade e Território(8), pp. 55-66.

Tapada, Alberto (1986), Notas para o estudo da emigração no concelho de Valongo na 2ª metade do século XIX, Valongo, Câmara Municipal de Valongo.

Tiesler, Nina Clara (2012), "Diasbola: futebol e emigração portuguesa ", Etnográfica, 16 (1), pp. 77-96.

Tiesler, Nina Clara, e João Nuno Coelho (2007), "Globalized football at a Lusocentric glance: struggles with markets and migration, traditions and modernities, the loss and the beauty", Soccer & Society, 8 (4), pp. 419-439.

Trigo, Maria Márcia (1981), "Mulheres em contexto de emigração", Cadernos da Revista de História Económica e Social(1-2), pp. 217-223.

Eurostat (2009), Citizens of European Countries Account for the Majority of the Foreign Population in EU-27 in 2008.

Vieira, Alberto (1990), "Migration from the portuguese Atlantic islands in the second half of the nineteenth century: the case of Madeira", em, Portuguese Migration in Global Perspective, Toronto, The Multicultural History Society of Ontario, pp. 42-58.

Vieira, Alberto (2007), "A emigração portuguesa nos Descobrimentos: do Litoral às ilhas", Portuguese Studies Review, 15 (1-2), pp. 63-101.

Vieira, Clara, e Raul Veríssimo (1989), "Formalismo e valores simbólicos nas casas dos emigrantes da ria de Aveiro", Sociedade e Território(8), pp. 48-54.

Vieira, Sérgio (2002), "Familles, ressources et migrations dans la village da la Beira Alta", Recherches en anthropologie au Portugal(8), pp. 39-57.

Vilanova, Roseline de (1995), Casas de Sonhos. Emigrantes Construtores no Norte de Portugal, Lisboa, Salamandra.

Villanova, Roselyne (1988), "Le migrant constructeur - transferts de pratiques et de savoirfaire dans l’habitat au Portugal", Merides - Revista de Antropologia e de Sociologia Rural da Europa do Sul(7-8), pp. 969-993.

Villares, Artur (1985), "A Emigração Clandestina em Montalegre", Cadernos Culturais da Câmara Municipal de Montalegre(6), pp.

Wall, Karin (1982), A Outra Face da Emigração. Estudo sobre a Situação das Mulheres que Ficam no País de Origem, Lisboa, Comissão da Condição Feminina.

Wall, Karin (1984), "Mulheres que partem e mulheres que ficam: uma primeira análise da função social e económica da mulher no processo migratório", Ler História(3), pp. 53-63.

Wall, Karin (1993), "Classe social, familia e emigração. Uma análise diferencial das trajectória dos migrantes de origem rural ", em Nizza da Silva, Ioannis Baganha, Maria José Maranhão, e Míriam Halpern Pereira (orgs.), Emigração/imigração em Portugal. Actas do Colóquio Internacional sobre Emigração e Imigração em Portugal (séculos XIX e XX), Lisboa, Fragmentos, pp. 184-192.

Zonabend, Françoise, Asseo Henriette, e Frias Anibal (2003), "Lusodescendance: représentations, pratiques et enjeux", Recherches en anthropologie au Portugal(9), pp. 91-101.

 

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios