FR
Início / Notícias e eventos / Notícias / Working on mapping methodologies on collecting of data and engagement strategies with Jordanians abroad
Working on mapping methodologies on collecting of data and engagement strategies with Jordanians abroad
[WORKSHOP] No passado dia 26 e 27 de fevereiro foi realizado em Amman, na Jordânia, um workshop intitulado “Working on mapping methodologies on collecting of data and engagement strategies with Jordanians abroad”, inserido no projeto “Support to the mobility partnership between the European Union and the Hashemite Kingdom of Jordan (JEMPAS)”, e com o objetivo de mapear metodologias de emigração na Jordânia. Financiado pela Comissão Europeia, o Centro Internacional para o Desenvolvimento das Políticas de Migração (ICMPD) pediu a organismos de Portugal e do Líbano, países com muita emigração, apoio na elaboração e na disseminação de boas práticas de investigação em parceria com o governo da Jordânia. Para tal, reuniram-se no workshop 19 participantes: 12 participantes do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Expatriados (MOFAE); 2 participantes do Departamento de Estatística; 3 participantes do ICMPD; e dois especialistas na área das migrações, Cláudia Pereira do Observatório da Emigração do ISCTE-IUL, e Tamirace Fakhoury da Universidade Americana do Líbano. +

Título Working on mapping methodologies on collecting of data and engagement strategies with Jordanians abroad
Data  26 e 27 de fevereiro de 2017
Local  AlQasr Hotel em Amman, Jordânia
Organização  Centro Internacional para o Desenvolvimento das Políticas de Migração (ICMPD) com financiamento da Comissão Europeia

Ao longo dos dois dias de workshop em Amman, a equipa reuniu-se com o objetivo de mapear metodologias de investigação na área das migrações. Para tal, foram apresentados diferentes instrumentos e técnicas de recolha e análise de dados sobre os emigrantes jordanianos, tanto em termos quantitativos como qualitativos; foram fornecidos às partes interessadas do governo da Jordânia métodos de trabalho passiveis de aplicação em escalas mais amplas; e foram partilhadas experiências e exemplos pelas especialistas convidadas, a nível europeu (Cláudia Pereira do Observatório da Emigração) e ao nível do Médio Oriente (Tamirace Fakhoury da Universidade Americana do Líbano), sobre emigrantes destes países que estão envolvidos nos países de destino económica e profissionalmente.

Do trabalho realizado sobre a criação de estratégias de recolha de dados sobre os emigrantes jordanos resultaram algumas conclusões importantes, de denotar a necessidade da criação de planos de ligação entre os cidadãos jordanianos residentes no estrangeiro e uma maior investigação sobre o perfil socioeconómico destes. Neste sentido, será elaborado um documento com orientações metodológicas e um plano de ação com o objetivo de apoiar o governo da Jordânia na recolha de dados quantitativos e qualitativos sobre os jordanos residentes no estrangeiro, onde estão compilados os diferentes instrumentos de recolha de informação adaptados às capacidades e estruturas deste país, em função dos países de destinos escolhidos pelos cidadãos e as características do grupo-alvo. No plano de ação proposto neste grupo de trabalho interinstitucional surge a elaboração de um website com os dados relativos aos emigrantes da Jordânia de modo a que esses mesmos dados sejam partilhados com as entidades da Jordânia, com professores universitários e estudantes, com os média e a sociedade civil, bem como com os jordanos que vivem em países estrangeiros, devendo ter lugar no remanescente período de duração do programa JEMPAS (um ano e 9 meses). 

Com esta parceria, o OEm oferece o seu contributo e especialização na área das migrações de e para a Jordânia, um país onde os fluxos migratórios, especialmente a emigração, está a aumentar, e onde as metodologias de recolha e de investigação nesta área só agora se começaram a desenvolver.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios