FR
Início / Recursos / Teses e dissertações
Comparação entre duas vagas da emigração portuguesa
2016-09-20
Sara Maria Magalhães Vieira apresentou, em 2015, uma dissertação de mestrado em Sociologia das Organizações e Trabalho, na Universidade do Minho, sobre a emigração portuguesa das décadas de 60 e 70 do século passado e do período actual. +

Título  Emigrantes portugueses low cost: as perspetivas de ontem e de hoje
Autor  Sara Maria Magalhães Vieira
Orientadora Beatriz Padilla
Data  2015
Institutição Universidade do Minho
Área  Dissertação de mestrado em Sociologia das Organizações e Trabalho

http://hdl.handle.net/1822/41047

Resumo  “Ao longo da História foram observados inúmeros fenómenos relativos aos fluxos migratórios a nível internacional. Neste sentido, os motivos pelos quais os atores sociais tomaram e tomam a decisão de abandonar os seus países de origem e a forma como estes se conseguem inserir e integrar no país receptor, torna-se um dos fenómenos sociológicos mais empolgantes para investigar. Esta tese define como problema de investigação a emigração portuguesa e as estratégias de inserção social, cultural e profissional dos portugueses nos países onde residiram, residem, bem como o retorno e reinserção em Portugal. Torna-se objetivo desta investigação abordar a temática da emigração, dando enfase a dois grandes picos temporais deste fenómeno, sendo estes entre as décadas de 60 e 70 do século passado e o período actual. A investigação foi suportada na metodologia qualitativa, sendo realizadas doze entrevista que foi demarcada ao espaço geográfico do norte de Portugal, a consequente análise dos dados foi dividida em quatro perfis, demográfico e geográfico, académico, profissional e sociocultural. A presente investigação tem como principais conclusões, os emigrantes das duas vagas são motivados por fatores de caráter económico e profissional, na medida em que procuram no estrangeiro melhores condições de vida e inserção profissional; as redes migratórias permitem uma melhor integração dos emigrantes nos países de destino, são importantes no processo de decisão, escolha do país e na própria inserção; os emigrantes das duas vagas mantêm as suas tradições embora alguns elementos da segunda vaga admitam que já estão afastados dos costumes e valores portugueses; as políticas emigratórias melhoraram a mobilidade dos atores sociais facilitando os processos burocráticos, o governo português tem vindo a implementar estratégias para incentivar o regresso e reintegração dos emigrantes portugueses.

 

Abstract  “Throughout history were observed many phenomena on migration flows internationally. In this sense, the reasons why the social actors have taken and make the decision to leave their countries of origin and how they are able to enter and integrate into the host country, it is one of the most exciting sociological phenomena to investigate. This thesis defines as research problem the Portuguese emigration and strategies of social inclusion, cultural and professional of the Portuguese in countries where they resided, residing as well as the return and reintegration in Portugal. Becomes objective of thi s research address, the issue of emigration, giving emphasis to two large temporal peaks of this phenomenon, which are among the 60s and 70s of last century and the current period. The research was supported in qualitative methodology, being held twelve interviews that were demarcated by geographic area of northern Portugal; the subsequent analysis of the data was divided into four sections, demographic and geographical, academic, professional and socio-cultural. The present study's main conclusions, the emigrants of the two vacancies are motivated by economic factors and professional character, in that looking abroad better conditions of life and work; migratory networks allow better integration of migrants in countries of destination, are important in the decision process, select the country and insert itself; emigrants of two places maintain their traditions while some elements of the second wave admit they are already away from the customs and Portuguese values; emigration policies improved social actor s mobility facilitating bureaucratic processes, the Portuguese government has implemented strategies to encourage the return and reintegration of Portuguese emigrants.

Observatório da Emigração Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto Universitário de Lisboa

Av. das Forças Armadas,
1649-026 Lisboa, Portugal

T. (+351) 210 464 018

F. (+351) 217 940 074

observatorioemigracao@iscte.pt

Parceiros Apoios